domingo, 31 de janeiro de 2016

CENÁRIOS

Vejo o noticiário da Globo informação sobre próxima novela, que deve tratar do Rio São Francisco, o Velho Chico, carente, diga-se de passagem, de atenção deste tipo. Porém, na mesma reportagem, informam que TUDO será gravado em São Francisco do Conde, que com o Velho Chico tem apenas a coincidência dos dois primeiros nomes. Ora, bolas! Por que uma potência como a Globo vai FALSIFICAR o Velho Chico, se poderia, com poucas centenas de quilômetros de diferença, fazer a novela em locação real? Vai saber...
Casa de ferreiro, espeto de pau (dito popular)
Tudo de pior acontece nas barbas do Palácio do Planalto
Inúmeras vezes, nesta coluna, abordei temas de violência e péssima assistência médica pública relativos a FATOS ocorridos em Brasília e nas suas cidades satélites. Ou seja, tudo de pior que acontece neste País (e, infelizmente, é o que temos a destacar se quisermos fazer um jornalismo pelo menos medianamente sério), se repete nas barbas do poder.
Ontem, o jornal televisivo Bom Dia Brasil, embora veiculado pela sempre comprometida Rede Globo, mostrou reportagem muito boa flagrando inúmeras situações que são um caldo perfeito para a proliferação do mosquito aedes aegypti, principal "inimigo" das autoridades nacionais de saúde.
Na PORTAS  de todos os ministérios, inclusive o da SAÚDE, foram flagradas situações potencialmente favoráveis à proliferação do inseto, contradizendo tudo aquilo que o governo federal prega a respeito dos cuidados óbvios que a população deve ter.

Trata-se de um  exemplo irrefutável do velho dito popular: "Faça o que eu digo, não faça o que eu faço." E haja saco para aguentar discursos demagógicos. Ufa!
Como será esta campanha? (I)
Bem, se depender dos marqueteiros tradicionais (alguns até jovens, mas eivados de vícios velhíssimos), será com o mesmo, soturno, monótono e falacioso tom de sempre: promessas de geração de emprego e renda e segurança pública. Hehehe.
No etanto, se houver alguém que pense e trabalhe para cadidato novo, não na idade, mas na política, poderá obter bons frutos mudando completamente o discurso e, mais do que isso, assumindo coisas que possam cumprir. Mas...
Como será esta campanha? (II)
A verdade é que a sociedade brasileira, desde os dependentes do Bolsa Família até os mais sofisticados "coxinhas", NÃO  acredita mais em NINGUÉM.
E quem quiser que duvide disso e repita os disrursos embolorados de sempre.
Também, não adianta posar com discurso "novo" mostrando a mesma cara de sempre. Êita!
Os taxistas precisam ter calma (I)
Repetem-se os episódios lamentáveis, dantescos até, entre taxistas convencionais e motoristas do aplicativo Uber, em São Paulo.
Depredação, ameaças de morte, uma coisa de bandido, feita por algus que certamente não representam a maioria dos profissionais do setor. Uma pena, porque, com isso, só fazem afundar-se cada vez mais nesta "batalha".
Os taxistas precisam ter calma (II)
A coisa chegou a um ponto que qualquer carro preto é hostilizado - e até depredado -, já que essa meia dúzia de imbecis medievais acha que são do Uber.
Olha, se continuar assim, cada vez mais haverá clientes para o Uber, fugindo de uma selvageria que, repito, não representa a maioria da categoria. E ponto final.

Inacreditável

Na Grécia, um caso chocou os habitantes da ilha de Creta. Às vésperas de seu casamento, a jovem noiva resolveu levar alguns amigos para conhecer sua nova casa. Ao chegar lá, encontrou o futuro marido na cama com outro homem. Pior: o noivo estava usando o vestido da noiva! A garota teve uma crise nervosa e o noivo nunca mais foi visto.

*HAJA PRECONCEITO - Na época vitoriana, as mulheres menstruadas eram tratadas como doentes e obrigadas a permanecer na cama durante o período crítico. (Que maldade!)

*RECEITA PARA VIVER MAIS - Os castrados vivem cerca de treze anos a mais que os homens mais afortunados. A pesquisa mostra também que as freiras vivem mais do que as outras mulheres, as consideradas “normais”. (Fala sério!)

*PÚBLICO ALVO - Mais de 75 por cento dos homens que assinam revistas gays são casados e pais de família!

*AINDA BEM QUE A MODA NÃO PEGOU - Na antiga Babilônia, os homens ofereciam suas esposas como pagamento por serviços prestados. (Fala sério!)

*ESTAMOS NUM MATO SEM CACHORRO - A gente paga 80 por cento, como taxa de esgoto, sobre o valor da conta de água. E a cada vez que chove vemos que a rede de esgoto da cidade é precária e ineficiente...

*UMA PEQUENA VERDADE - Reclamamos da seca e vieram as águas do Céu. Agora, reclamamos das chuvas... Então, já sabemos o que virá por aí.

*NUNCA É TARDE PARA O ACERTO - Após polêmica causada, depois da divulgação, pela prefeitura de Santo Amaro, de uma publicidade da "Lavagem da Purificação", com a imagem de jovens loiros, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo publicou novos cartazes de convocação para a tradicional festa popular, desta feita, com a imagem de pessoas de várias cores... 

*CABRA BOM - José Victor Teles, um garoto de 14 anos, vai cursar medicina na UFS, após ser aprovado no Enem 2014, ano em que lançou seu primeiro livro, "Como vencer aos 14". E, como se não bastasse, ele ainda dá palestras motivacionais... Grande garoto!

*CUSCUZ LÍQUIDO? (DEU NO RÁDIO) – Na última segunda-feira, um repórter de rádio falava do movimento no Centro de Abastecimento e concluiu assim: “... e muita gente já tomando o seu cuscuz”. (Cá, cá, cá, cá!)
        
*MULHER DÁ LUZ A OITO BEBÊS – Na Califórnia, uma mulher deu à luz oito bebês, encontrando-se todos em estado estável. O parto constitui o segundo caso de óctuplos nascidos vivos na história da medicina norte-americana. Seis meninos e duas meninas nasceram nove semanas antes de tempo, de cesariana, num parto que mobilizou 46 profissionais e quatro salas de cirurgia!


*EXISTIRIA EXPLICAÇÃO? – Em diversos cultos, algumas pessoas voltam a andar e até a enxergar. A ciência e a medicina se calam. Os condutores dos cultos seguem firmes na certeza de que Deus está realizando as citadas curas. O fato é que elas ocorrem! E eu gostaria, sinceramente, de ouvir algum cientista se manifestar a respeito...

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Médicos criticam ausência de alerta à zika em campanha de Carnaval do Ministério da Saúde

O fato de o governo federal não ter incluído informações sobre a epidemia de zika vírus ou alertas para mulheres grávidas na campanha anual de Carnaval do Ministério da Saúde, que custou R$ 14 milhões aos cofres públicos, é vista por especialistas como um "equívoco".
Para os médicos infectologistas e sanitaristas, embora a campanha foque tradicionalmente nas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), HIV e hepatites virais, o governo "falhou" ao não incluir nada sobre o zika diante da epidemia que atinge o país, dos alertas internacionais sobre o tema, da potencial ligação com casos de microcefalia e dos fatores complicadores do Carnaval para o contágio.
O Ministério da Saúde informou que a campanha de Carnaval focada em DSTs e Aids é divulgada paralelamente à de combate ao mosquito Aedes aegypti.
Lançada nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, a campanha do Carnaval será veiculada nos meios de comunicação até o dia 6 de fevereiro, com o slogan "Deixe a Camisinha Entrar na Festa". Serão peças para TV e rádio, vídeos para redes sociais e versões estendidas da música para veiculação em trios elétricos e carros de som.
Na visão dos especialistas, apesar de já haver uma campanha com mensagens educativas para a dengue e o combate ao mosquito Aedes aegypti – criada antes do início da epidemia de zika, portanto sem menções ao problema atual – a situação é emergencial, e todas as oportunidades de informar e alertar sobre o novo vírus deveriam ser aproveitadas.
Click no link  e leia matéria completa no BBCBrasil 


Iniciada construção do passeio central na Getúlio Vargas

O passeio no canteiro central da avenida Getúlio Vargas, previsto no projeto BRT, já foi iniciado pela Prefeitura de Feira de Santana. Terá aproximadamente 4,2 quilômetros de extensão e largura variável, - e o traçado vai depender da localização das árvores.
Ficará entre o viaduto localizado no final da Getúlio Vargas e a passarela sobre a rua Olímpio Vital, com intervalo em alguns pontos.
Paralelamente ao passeio será construída uma pista para caminhada, entre o viaduto e a estação de embarque e desembarque que será localizada no cruzamento entre a Getúlio Vargas e a Castro Alves. A pista consta na nova configuração estrutural da avenida.
O piso do passeio será em bloquete sextravado, com fixação no solo classificada como ecologicamente correta, por não usar cimento ou outro tipo material ao coloca-la e no rejuntamento – neste caso usa-se areia fina ou pó de brita.
Para o secretário de Gestão e Contratos, Ozeny Moraes, caminhar sob a sombra das árvores será uma experiência única para os adeptos deste esporte. “Além da sombra o piso será adequado para a prática diária da caminhada”.
Operários trabalham em futuras estações de transbordo que ficarão na Getúlio Vargas. Algumas já iniciaram a fase de alvenaria e outras na da montagem da ferragem. (Secom)


Movimento O Beco é Nosso volta a agitar o Beco da Energia neste domingo

Depois de um curto período em recesso, uma das mais relevantes ações de caráter cultural de Feira de Santana nos últimos anos está de volta. No domingo (31), a partir das 8 horas, serão retomadas as atividades do movimento ‘O Beco é Nosso’, no Beco da Energia, espaço localizado no coração do centro comercial da cidade.
Os trabalhos serão abertos com os shows do cantor e compositor Arquimedes Nascimento, que vai lançar o álbum “Bocapiu de Canções”, e do grupo feirense Roça Sound. Haverá também a participação especial dos músicos Cesinha dos Olhos D’Água, Gabriel Ferreira, Sérgio Canhoto e do sanfoneiro Zé Araújo.
Ainda teremos a realização de dois workshops, de Reciclagem, com o artista Danilo Santos, e de Grafitti, com Ndf Crew, além da exposição de peças produzidas pela artesã Katleeen Mendes, da Boyrá Teias.
O movimento 'O Beco é Nosso' é realizado pelo Coletivo do Beco e tem o apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Cultura e do Governo da Bahia.


SERVIÇO
O que: Movimento ‘O Beco é Nosso’
Quem: Arquimedes Nascimento e convidados, Roça Sound, workshops de Reciclagem e Grafitti e exposição de peças artesanais da Boyrá Teias
Onde: Beco da Energia, localizado entre as ruas Marechal Deodoro e Conselheiro Franco, no centro comercial de Feira de Santana
Quando: Domingo, dia 31 de janeiro de 2016
Quanto: Acesso livre e gratuito 






MORIBUNDOS

Na minha modesta opinião, não existe nada mais terrível e cretino do que a tal Central de Regulação (da Secretaria de Saúde), que decide quem deve ou não ser internado e quando, ou seja, quem deve ou não MORRER. São centenas, milhares até, de solicitações, julgadas por um número ÍNFIMO de médicos que devem credenciar quem deve ser atendido. Num país sério, onde a saúde pública fosse lavada a sério, tal entidade seria absolutamente dispensável. Mas, claro, não é o nosso caso.
Escondem elefantes tentando matar um mosquito.
A demagogia em torno do mosquito da dengue e zika
Não há a menor dúvida: tem que haver intenso combate ao mosquito transmissor da dengue, zika etc. Deveria, aliás, existir, há décadas, intensa e ininterrupta campanha para dizimar este infernal inseto.
No entanto, diante da situação caótica pela qual passa a sociedade brasileira (desemprego, inflação, violência, saúde e segurança públicas no fundo do poço etc.), parece patético a presidente da República eleger como principal bandeira o combate ao aedes. Repito, antes que tentem me tachar de ignorante: tem que combater, sim. Mas sistematicamente, sem tornar isso a principal bandeira de um país onde a MICROCEFALIA de boa parte da população adulta e dos governantes conseguiu implantar o caos.
Usar a tragédia do aedes com bandeira para tanta mobilização nacional é, claro, uma deslavada demagogia, daquelas, claro, que tentam desviar a atenção da sociedade dos problemas tenebrosos que vivemos com a roubalheira nacional.
Combater a dengue, a zika e congêneres deve, sim, ser pauta constante de qualquer governo que tenha o mínimo de responsabilidade, porém transformar isso no grande assunto nacional, por si só, é balela. Podem crer.
Tudo, claro, efeito da crise econômica, que empobrece os brasileiros. Há casos em que a economia chega a R$ 1.800 mensais POR ALUNO!
Eu, por exemplo, estudei no Colégio da Bahia (Central), onde era preciso fazer um “vestibulinho” para entrar e ali eram reunidos os melhores professores da Bahia, assim como em outros colégios públicos.

Êxodo nas escolas particulares (III)
O culto à imbecilidade, à ignorância, ao vencer por vencer, nivelou todos no mais baixo nível que já se viu. E tudo isso agravado pela alienação de uma juventude bestial, que se satisfaz publicando fotos de jantares no instagram. Haja saco!


Êxodo nas escolas particulares (I)
A própria Federação Nacional das Escolas Particulares reconhece: neste ano, cerca de 12%, no mínimo, dos alunos de colégios privados estão migrando para as escolas públicas.
Êxodo nas escolas particulares (II)
Não seria algo para assustar se a escola pública fosse como no meu tempo de adolescente, lá pelos idos da década de 1970, quando estudar em colégio público era até mesmo um privilégio.
Todavia, hoje, a escola pública deteriorou-se e, em que pese o empenho de ALGUNS professores, no mais das vezes virou um reduto de omissos no corpo docente e idem, acrescido de violência e mesmo marginalidade explícita, no corpo discente. Vem daí o pânico de alunos cujas famílias têm mudado do particular para o público. Mas, fazer o quê, dona Dilma?
A verdade é que tudo piorou
Os leitores que perdoem o meu suposto pessimismo, mas a realidade cruel é que tudo piorou neste País, nas últimas décadas, agravando-se em períodos mais recentes.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Servidores municipais receberão auxílio transporte em dinheiro, junto aos salários

Depois de se reunir com representantes de vários segmentos do funcionalismo público municipal, na manhã desta quinta-feira, 28, na Secretaria de Administração, o prefeito José Ronaldo de Carvalho, acatando antiga pauta da categoria, decidiu que, a partir de fevereiro, os valores correspondentes ao vale-transporte serão pagos em dinheiro (auxílio-transporte), juntamente aos salários.

O chefe do Executivo, entretanto, afirmou que os vales-transportes ainda serão mantidos, durante o mês de janeiro. De acordo com o secretário de Administração, João Marinho Gomes, para que os valores correspondentes aos vales-transportes passem a ser pagos em dinheiro “os servidores, através de suas secretarias, deverão solicitar o recadastramento, fornecendo as informações básicas, constantes de formulário padrão”.

  Participaram da reunião representantes da Associação dos Motoristas, Sindicato do Servidor Municipal, Associação dos Guardas de Trânsito, Associação dos Guardas Municipais, Associação de Endemias e Sindicato de Endemias.

COLLOR

Fica difícil entender a força de Fernando Collor, banido do governo graças a um impeachment cujo processo foi altamente influenciado pelo PT, a sua atual relação com o governo petista. Ou não. A verdade é que o alagoano que se dizia “caçador e marajás” é um dos grandes marajás, quase 25 anos depois, do atual grupo que comanda (sic) o País. E, ao lado dele, haja marajás! Hehehe...

As investigações estão chegando a ele, tido como muitos como o grande mentor do desastre do País.
 Um triplex que pode triplicar os problemas de Lula
Ele sempre diz que não sabe de nada (inocentes!). Mas é cada vez menor o número de brasileiros que acredita nesta eterna e pueril alegação. Vejamos as notícias: o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima afirmou ontem que a Lava-Jato está investigando o triplex da construtora OAS que pertenceu ao ex-presidente Lula em prédio no Guarujá, litoral de São Paulo. O Ministério Público Federal (MPF) enumerou 11 apartamentos do edifício Solaris, onde as investigações devem ser aprofundadas, entre eles o 164 A, que foi reformado pela OAS sob orientação de dona Marisa Letícia, mulher do ex-presidente. Os investigadores afirmam que há um “alto grau de suspeita” quanto à titularidade dos imóveis do condomínio Solaris, que podem ter sido usados para lavar dinheiro desviado de contratos da Petrobras de pessoas ligadas ao PT.
Ainda sobre o apartamento (I)
Seguem as notícias: “Nós investigamos fatos. Se houver um apartamento lá que esteja em seu nome (do ex-presidente Lula) ou que ele tenha negociado, vai ser investigado como todos os outros,” garantiu Lima.
Um relatório da PF aponta “manobras financeiras e comerciais complexas” envolvendo a OAS, a Bancoop e pessoas vinculadas ao PT. E segue: os apartamentos podem ter sido repassados a título de propina pela OAS em troca de benesses junto aos contratos da Petrobras.
Ainda sobre o apartamento (II)
De acordo com as notícias veiculadas nos grandes jornais,  “o imóvel é alvo de outra investigação no Ministério Público Estadual de São Paulo que apura a legalidade da transferência de empreendimentos da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) à OAS. A Lava-Jato suspeita que a construtora usou apartamentos do prédio, localizado na praia de Astúrias para lavar dinheiro. A força tarefa fez buscas e apreensões na sede da OAS e da Bancoop atrás de documentos relativos ao prédio.”
O crime dos médicos peritos
O prazo para perícia no INSS chega a 80 dias.  Em outras palavras: depois de quase cinco meses de greve dos médicos peritos, quem precisar da concessão de auxílio-doença para “ontem" vai sofrer como Jesus na cruz ou se sentir no campo de concentração nazista. Isso não deixa de ser um atendimento demorado, criminoso e caso de polícia. Diante desse extermínio da população pobre, cadê a OAB, o Ministério Público e a oposição política.  Quem está doente e não pode trabalhar precisa, urgentemente, do auxílio-doença para sobreviver. Por fim, os doentes não têm a quem recorrer neste Brasil sem justiça social.
Então é Carnaval, senhores
Seguem iludindo o povo, que, aliás, se deixa iludir de uma forma patética.
Carnaval, maior festa de Ru do planeta etc. e tal.
Bobagem.
No fundo, estão a corrupção, o desemprego, a inflação e a falta de perspectiva. É uma pena que as pessoas só sentirão isso DEPOIS da Quarta-Feira de Cinzas. Azar!

O cheiro do poder


            Michel Temes disse nesta quinta-feira (28) que o PMDB quer comandar o Brasil a partir de 2018. Segundo ele, a sigla não pode ser “apenas um partido que prioriza cargos em um governo”. A fala ocorreu em Curitiba, para uma plateia de peemedebistas, onde ele iniciou a campanha para sua reeleição à presidência do partido. Temer disse ainda que o partido estará fortalecido nas eleições municipais deste ano e que em 2018 terá uma candidatura própria para a presidência da República. Com o PT na lona, ele sentiu o cheirinho do poder e não vai largar o osso facilmente.

Um exemplo que vem de Minas     
            Notícia publicada no UOL dá conta de que todos os nove vereadores da cidade de Centralina (MG), foram presos preventivamente suspeitos de corrupção. Eles são investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Uberlândia acusados de desvio de dinheiro público. Segundo a investigação, todos os nove vereadores eleitos para legislatura que termina este ano fraudaram notas fiscais para justificar recebimento de diárias de viagens que nunca foram feitas. Além dos vereadores, um ex-servidor da Câmara Municipal e um ex-vereador, que hoje atua como advogado, também foram presos na operação. Outros 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Segundo o Ministério Público, os suspeitos cometeram associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. Fica a sugestão para os Ministérios Públicos em Feira de Santana criarem um grupo como o Gaeco e começar a investigar corrupção em todas as esferas do poder público na cidade. Não vai ter cadeia que chegue.

E o Lula, hem?
            Já está sentindo o chão queimar sob seus pés.

Ignorância
            Há décadas percebi que os governantes brasileiros disfarçada e lentamente estavam jogando a população no poço da ignorância. Afinal, quanto mais ignorante, mais fácil de manipular e enganar. Começou pelo avacalhamento do ensino público, que era excelente, através da desvalorização dos professores, com salários cada vez mais baixos e atrasos de meses nos pagamentos, e a desqualificação dos mesmos pela falta de investimentos em capacitação e atualização. Some-se a isto salas com 40 ou até 50 alunos, o é que contraproducente em didática, e escolas mal aparelhadas e mal conservadas, o que impulsionou o surgimento de estabelecimentos particulares onde só os filhos dos ricos têm acesso. Daí a altíssima taxa de jovens semianalfabetos e ignorantes nas camadas mais baixas da população. Com o passar dos anos comecei a sentir dificuldade de entabular alguma conversa interessante com alguém. Hoje, com mais de 60 anos, são pouquíssimas as pessoas com quem converso. Não tenho paciência nem vontade para ouvir longos e maçantes tratados sobre futilidades como o Big Brother (nem sabem a origem do termo), a “obra musical” de Pablo, a honestidade dos políticos, ou então simplesmente me calar enquanto vejo pessoas sentadas à mesma mesa “conversando” pelo Whats App sobre os últimos lançamentos de aplicativos da telefonia celular. Isso quando não estão falando mal uma das outras. Por isso, foi uma grata surpresa quando, a convite de um amigo, fui a um bar e lá encontrei cerca de três ou quatro pessoas com quem consegui conversar por horas (sem discutir) sobre assuntos os mais diversos, o que enriqueceu meus conhecimentos. Anseio por outra oportunidade daquelas, embora saiba que é muito difícil.

Xô! Ladrão!
            Quando eu não gosto de alguma pessoa eu procuro manter-me afastado dela e faço questão de demonstrar isso. E se acaso se faz de desentendida, eu falo diretamente. Não gosto de más companhias. Se estou em algum ambiente e personas non gratas me aparecem, eu me afasto ou até deixo o recinto. No mínimo, troco de mesa. Mas no caso dos políticos corruptos e ladrões, já passou da hora de os escorraçarmos do nosso meio, do convívio com as pessoas de bem. Se estivermos num restaurante ou bar, por exemplo, e algum deles aparecer, vamos demonstrar com veemência a nossa insatisfação e repulsa. Se não se retirarem, retiremo-nos nós, pois de uma próxima vez o dono do local tomará as devidas providências, se não quiser ficar sem clientes. Isso ainda servirá para identificarmos quem do nosso convívio, pactua com o comportamento destes bandidos. A hora da conversa já acabou. Tá na hora passarmos às ações.

Grande mídia se vende ao PT
            Em entrevista ao movimento Consciência Patriótica, a jornalista Joice Hasselmann, ex-VEJA, denunciou como o governo petista está comprando “toda a grande mídia”. Segundo ela, a grande mídia está se tornando imprensa “oficial” devido ao “toma lá dá cá”, de maneira que se faz necessária a existência de mídias independentes para que haja equilíbrio de forças. http://www.folhapolitica.org/

Desobediência
            Nem um, nem dois, nem dez mandamentos. Os (in) fiéis da Igreja de Edir Macêdo em São Paulo, estão desobedecendo os pastores. Ao menos em parte. Foram convocados a comprar ingressos do filme Os Dez Mandamentos, e assim o fizeram, esgotando a carga de bilhetes nos cinemas. Mas o público nas sessões tem sido pífio. Algo assim: “Eu compro, mas não assisto”.

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Por hoje é só que agora eu vou ali ver o chão do Brasil pegando fogo sob os pés dos petistas

Cidade no interior de MG tem todos os vereadores presos por corrupção

A pequena cidade de Centralina (MG), com seus 10 mil habitantes e localizada a 669 quilômetros de Belo Horizonte, vive um situação inusitada: todos os seus nove vereadores foram presos preventivamente suspeitos de corrupção.
Eles são investigados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) de Uberlândia acusados de desvio de dinheiro público.
Segundo a investigação, todos os nove vereadores eleitos para legislatura que termina este ano fraudaram notas fiscais para justificar recebimento de diárias de viagens que nunca foram feitas.
Quatro deles foram presos na semana passada, na primeira etapa da investigação que recebeu o nome de "Viagem Fantasma" e renunciaram aos cargos. Os quatro, entre eles o presidente da Câmara Municipal, Eurípides Batista Ferreira, o Baianinho (Pros), o primeiro secretário, Hélio Matias (PSL), Carla Rúbia (Solidariedade) e Roneslei do Carmo Soares (PR), foram ouvidos e soltos um dia após a prisão. Agora cumprem prisão domiciliar.
Os outros cinco: o vice-presidente da Casa, Ismael Pereira Peres (PT), o 2º secretário Rodrigo Lucas (Solidariedade), Wandriene Ferreira de Moura (PR), Sônia Martins de Medeiros Rosa (PP) e Cleison Vieira (PDT), foram detidos na manhã desta quinta-feira (28) durante a segunda etapa da operação.
Os cinco serão encaminhados para o presídio Professor Jacy de Assis em Uberlândia (537 quilômetros de Belo Horizonte). Além dos vereadores, um ex-servidor da Câmara Municipal e um ex-vereador, que hoje atua como advogado, também foram presos na operação. Outros 12 mandados de busca e apreensão foram cumpridos.
Segundo o Ministério Público, os suspeitos cometeram associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Com a prisão dos cinco vereadores e a renúncia dos quatro primeiros presos, a Câmara Municipal de Centralina fica sem representantes. (Uol) 

Pesquisa explica por que pessoas ganham peso diferente comendo a mesma comida

Alimentos que fazem algumas pessoas ganharem peso têm poucos efeitos em outras, e os motivos estão sendo investigados em uma pesquisa sendo feita pelo em Israel.
Pode ser a hora de repensarmos nossas dietas, diz a médica Saleyha Ashan, que participou do programa da BBC Trust me, I'm a Doctor (Confie em mim, sou médico, em tradução literal), que foi conhecer a pesquisa israelense in loco.
"Admito que, como a maioria da população, estou em uma eterna batalha para perder peso. No meu caso, é mais uma preocupação com saúde do que com estética", diz Ashan.
"Tenho síndrome de ovário policístico e um histórico familiar de diabetes tipo 2, e isso me coloca em alto risco de desenvolver diabetes. Sempre me preocupei com os alimentos que como, mas mesmo assim nunca vi nenhuma mudança no meu peso, enquanto alguns amigos comem o que querem sem engordar nada. Parece que eles podem 'quebrar todas as regras'."
Mas talvez isso ocorra apenas porque nós estávamos errados quanto a essas regras, pondera Ashan.
O Weizmann Institute of Science, de Israel, está monitorando mil pessoas em detalhes, minuto a minuto, para ver exatamente como seus corpos reagem à comida - e os primeiros resultados estão reescrevendo as regras da nossa relação com a alimentação.
Quando comemos, o nível de açúcar no nosso sangue sobe - e são muito importantes para a nossa saúde tanto a velocidade com que o açúcar atinge seu pico quanto a rapidez com que nossos corpos lidam com isso e voltam ao normal.
Picos constantes podem levar a diabetes tipo 2, nos fazer acumular mais gordura e aumentar o risco de outras doenças.
Os alimentos foram, por isso, classificados tradicionalmente pela sua capacidade de causar um pico de açúcar no sangue - alimentos com alto valor glicêmico seriam ruins para nós, e baixos seriam bons. Qualquer nutricionista diria isso. Mas a pesquisa israelense, liderada por Eran Segal e Eran Elinav, sugere que isso não é tão simples.
Leia matéria completa no BBCBrasil


Sesc arrecada donativos para as vítimas das chuvas em Riachão do Jacuípe


O Sesc Bahia, por meio do Programa Mesa Brasil, realiza a campanha Sesc Solidário de arrecadação de donativos para os desabrigados do município de Riacho do Jacuípe, que foram vítimas das fortes chuvas em janeiro. As doações podem ser feitas nas unidades Sesc da capital (Nazaré, Comércio, Centro, Aquidabã, Escola Zilda Arns, Teatro Sesc-Senac Pelourinho e Rua Chile) e no Sesc Feira de Santana. Estão sendo coletados alimentos não perecíveis, água mineral, produtos de higiene pessoal e limpeza, roupas e calçados, colchões e cobertores.

“Estamos fazendo um mutirão de solidariedade, envolvendo empresas doadoras do Mesa Brasil, funcionários e clientes do Sesc, com a meta de realizar a primeira entrega já na terça-feira, dia 2 de fevereiro", diz Conceição Moreira, gerente do Mesa Brasil em Salvador. Os donativos serão entregues às entidades sociais de Feira de Santana que estão dando apoio às famílias desalojadas.

Riachão do Jacuípe dista 186 km de Salvador e pertence à região metropolitana de Feira de Santana. Em 2015, a campanha Sesc Solidário arrecadou donativos para os desabrigados das chuvas em Salvador e Santo Amaro da Purificação.




CONTATOS PARA DOAÇÕES:
Mesa Brasil Salvador – (71) 3207-4470/71 e e-mail mesabrasilsalvador@sescbahia.com.br



Mesa Brasil Feira de Santana – (75) 3622-1550 e e-mail mesabrasilfeira@sescbahia.com.br

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

HAJA CADEIA!

Uma curiosidade: o Brasil tem a terceira maior população carcerária o mundo (cerca de 711.500 presos, levando em conta 148 prisões domiciliares), só perdendo para a China e os Estados Unidos. Ora, mesmo assim a violência é cada vez maior e, pelo que se vê, se todos que cometem crimes passíveis de prisão estivessem na cadeia, seríamos o primeiro lugar, disparados. Um detalhe: pelo menos em relação aos Estados Unidos, nossas prisões são verdadeiras masmorras medievais. É isso aí...

O Brasil está perdendo feio a batalha contra o Aedes aegypti (Marcelo Castro, ministro da Saúde)

Estamos perdendo muitas batalhas, ministro!
O ministro da Saúde, Marcelo Castro, declarou nesta segunda-feira que o Brasil "perde feio" a batalha contra o Aedes aegypti, mosquito responsável pela transmissão de dengue, zika e chikungunya. Palavras dele:  “Nós estamos há três décadas com o mosquito aqui no Brasil e estamos perdendo feio a batalha para o mosquito. Ano passado foi o (ano) que teve o maior número de casos de dengue no Brasil em toda a história.”
Bem, logo depois, salvo engano no mesmo dia, o ministro desmentiu o que disse. Mas a verdade ficou no ar. Querem, o governo e a grande mídia, responsabilizar apenas a população pela proliferação do mosquito. Não é bem assim. Claro que o povo, na medida em que cultive a ignorância e a alienação às quais temos sido submetidos há mais de cinco décadas,TAMBÉM é responsável.
Mas faltou muito, muito mesmo, da parte do governo. Desde campanhas de peso contra o mosquito até a absoluta falta de atendimento público de saúde.
E, se olharmos direito, ministro, não só na sua pasta mas em todas aquelas que deveriam refletir os trilhões que pagamos em impostos, temos perdido. E feio!

O Brasil que vivemos hoje (I)
Lembrando: o atual governo terminou 2014 (o ano da reeleição) com 10 milhões e 100 mil sem trabalho. Entrou no que se chama de "dois dígitos", que aumentou em alta velocidade em 2015. Se os quatro primeiros anos foram de retrocesso, o quinto (este primeiro do segundo mandato), foi de total paralisação.

O Brasil que vivemos hoje (II)
Esta é a realidade cruel. Desemprego, insegurança pública, fome, enfim, tudo aquilo que nos prometeram que seria mudado.
Não sei se estaria sendo diferente com Aécio, Marina ou seja lá quem for. Mas o que decepciona, irrita, é o fato de vivermos isso depois de 13 anos de governo da “mudança”.

Moção de pesar no TJ
Em sessão plenária extraordinária mista do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), realizada em 22 de janeiro de 2016, o desembargador Baltazar Miranda Saraiva, integrante da 3ª Câmara Cível e do Pleno, propôs Moção de Pesar pelo falecimento do Dr. Antônio Carlos Sigmaringa Seixas, advogado com forte militância em prol de presos políticos, atuante até pouco antes de adoecer, e pai do ex-deputado federal Luiz Carlos Sigmaringa Seixas, também um dos advogados mais admirados de Brasília.
Ele foi presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional DF, entre os anos de 1973 e 1975 e um dos mais valentes e admirados advogados de Brasil.

Blitze, só, não adianta
Pode ser que as blitze da Polícia Militar tenham algum efeito em relação ao combate à criminalidade, mas esse efeito é, como já disse diversas vezes aqui, pífio.
Basta ver, por exemplo, o que acontece em bairros como Lapinha, Barbalho, Uruguai, Lobato etc.
O ideal seria um policiamento civilizado, permanente, contínuo, sem o intuito de matar nem humilhar os cidadãos honestos, mas apenas com o objetivo de reprimir a vagabundagem. Mas...

Por que o Brasil não segue outros países que desaconselham gravidez por risco de microcefalia

O Brasil é o país onde o vínculo entre a epidemia de zika e o nascimento de bebês com microcefalia foi identificado. São, segundo o último boletim divulgado pelo Ministério da Saúde, 3.448 casos sendo investigados e 270 confirmados de microcefalia em bebês.
O governo brasileiro, porém, tem adotado uma postura diferente da de outros países da América Latina e prefere não recomendar às mulheres que evitem engravidar.
Colômbia, El Salvador e Jamaica já fizeram essa recomendação. Segundo seus governos, é melhor que sejam adiados os planos de gestação até que haja maior clareza sobre os riscos da zika.
Mas, por que o Brasil não faz a mesma sugestão? Especialistas ouvidos pela BBC Brasil apontam fatores históricos, econômicos, políticos e legais por trás dessa relutância.
Autor de Contesting Epidemics: How Brazil outpaced the USA in its Policy Response ("Contestando epidemias: como o Brasil ultrapassou os EUA em suas políticas públicas", em tradução livre), Eduardo Gomez afirma que há diversos motivos para a decisão.
Professor do King's College, de Londres, ele diz que o país se abstém de emitir a recomendação, em primeiro lugar, porque historicamente os valores da sociedade brasileira são incompatíveis com esse tipo de solução.
"Desde 1988 há liberdade à saúde e respeito aos direitos humanos. Isso está escrito na Constituição. Qualquer coisa que vá contra isso é visto como antidemocrático e pode causar sérios problemas políticos ou sociais a qualquer um que recomendar (adiar a gravidez)", avalia.
Em novembro, o diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, chegou a aconselhar às mulheres não engravidar, mas o ministério emitiu nota desmentindo que essa fosse a recomendação oficial. (Matéria completa no BBCBrasil



Transporte Público: Crédito em cartão eletrônico a partir de R$ 3,10

O transporte público das cidades catarinenses Joinville e Florianópolis e as paulistas Piracicaba e Limeira tem em comum a cobrança da passagem através de cartão eletrônico, mais barata, e em espécie. Estes métodos de pagamentos serão implantados em Feira de Santana.
Também adotaram ou está em via de implantação deste sistema diferenciado de cobrança Campinas e a sua região metropolitana, Limeira, Maceió, Mogi das Cruzes, a região metropolitana de Curitiba, Americana, Serra Negra, entre outros municípios.
Na capital catarinense, Florianópolis, segundo levantamento das operadoras do sistema, o cartão é usado por 80% dos passageiros. Em Feira, o cartão Via Feira começou a ser feito na segunda-feira, 25, exclusivamente no Terminal de Transbordo Central.
“A diminuição da circulação de dinheiro nos coletivos pode reduzir os assaltos e, consequentemente aumentar a segurança dos passageiros”, afirmou o secretário de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura. É uma situação vantajosa para todos os envolvidos no sistema.
Outro ponto é a agilidade que o sistema de bilhetagem eletrônica oferece ao sistema, quando reduz significativamente o tempo na cobrança da passagem, principalmente nos horários de pico, quando da necessidade de se passar o troco, detalhe que aumenta o tempo da operação da cobrança da tarifa. Tornando-o mais eficiente.

CRÉDITO
            A emissão do cartão é gratuita e o crédito é a partir de R$ 3,10, que corresponde ao valor de uma passagem. O novo valor foi acordado entre a SMTT e as empresas que operam o sistema.  
Outro procedimento mudado para e emissão do cartão foi com relação à necessidade da apresentação apenas de um documento que identifique o titular. Pode levar a carteira de identidade ou certidão de nascimento – a necessidade da apresentação do CPF não mais existe. (Secom)


O que se sabe (e o que falta saber) sobre o zika vírus e a microcefalia

O Brasil está enfrentando uma epidemia de zika, doença "prima da dengue", desde o meio do ano.
No final do ano passado, foi confirmada pela Ministério da Saúde a relação entre o vírus zika e a microcefalia, uma má-formação do cérebro de bebês.
A doença, também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, provoca sintomas parecidos, porém mais brandos do que os da dengue: febre, dor de cabeça e no corpo e manchas avermelhadas.
A região Nordeste é a mais afetada pelo surto de microcefalia - no Brasil ao todo estão sendo investigados 3.448 casos suspeitos da doença. Outros 270 casos de microcefalia foram confirmados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira, e 462 foram descartados.
O avanço do zika e os casos de microcefalia pegaram o país de surpresa e suscitaram várias dúvidas. Click no link e veja as respostas a algumas dessas questões no BBCBrasil.


Macacada em alerta. Bananas correm risco de extinção

         
A banana é a fruta mais popular do mundo. E além dos seus predicados gastronômicos, ela já foi usada tanto para designar governos corruptos em países tropicais - as Repúblicas das Bananas - quanto para sinalizar algum comportamento estranho - no inglês "going bananas". Também tem se mostrado útil a atletas, como repositora de nutrientes. Quem não lembra do tenista Gustavo Kuerten comendo bananas nos intervalos de jogos? Atualmente, mais de 100 milhões de bananas são consumidas anualmente no planeta.
         Mas agora o mundo enfrenta uma nova ameaça que pode provocar, segundo especialistas, a extinção da variedade mais comum da banana, a Cavendish (no Brasil, banana d'água e/ou nanica). E talvez da fruta em todas as suas espécies. Tal possibilidade tem a ver com uma propriedade rural no condado de Derbyshire, Inglaterra. Ali, há 180 anos, foi desenvolvida a variação da fruta que se tornaria a mais consumida no mundo.
         O jardineiro da propriedade de Chatsworth, Joseph Paxton, recebeu, em 1830, um cacho de bananas importadas das Ilhas Maurício. Paxton havia visto bananas em um papel de paredes de um dos 175 quartos da propriedade. Na esperança de cultivar o fruto, o jardineiro plantou o que seria a primeira bananeira daquela propriedade. "Paxton sempre esteve atento a novas plantas exóticas e era bem relacionado, o que lhe permitiu saber que bananas haviam chegado à Inglaterra", comenta o atual jardineiro-chefe da propriedade, Steve Porter.
         Em novembro de 1835 a bananeira de Paxton finalmente deu frutos. Mais de 100, o que rendeu ao jardineiro a medalha durante a exposição da Sociedade Horticultural britânica. A banana acabou batizada pelos empregados da propriedade de Cavendishii, já que Cavendish era o nome de família dos donos do local, a duquesa e o duque de Devonshire. "Naquela época, era muito interessante para uma família inglesa plantar bananas e servir a fruta a seus visitantes", diz Porter. "E ainda é", comenta.
         Missionários acabaram levando as bananas Cavendish para o Pacífico e Ilhas Canárias. Com a epidemia da Doença do Panamá, que dizimou as plantações de outros tipos de bananas a partir de 1950, mas não afetou a Cavendish, esta variação da fruta passou a ser a preferida de agricultores mundo afora. A Cavendish era imune ao fungo assassino. E acabou sendo o tipo-exportação. A fruta rendeu, em 2014, US$ 11 bilhões em exportações da fruta, sendo o Equador o principal vendedor. O Brasil é o sexto maior produtor, com mais de 7 milhões de toneladas produzidas, mas consome quase toda a banana que produz.

         O problema é que, enquanto produtores aperfeiçoavam a banana Cavendish, encontrada em supermercados do Ocidente quase sempre com o mesmo tamanho e sem manchas, o fungo da Doença do Panamá também evoluiu. E, agora, ameaça seriamente as Cavendish. O novo fungo é ainda mais poderoso do que o que atacou o tipo mais popular de banana antes dos anos 50, a Gros Michel, e agora afeta plantações em diversos lugares no mundo. Mais de 10 mil hectares de plantações foram destruídos. Como o todas as Cavendish produzidas atualmente são clones daquela plantada pelo jardineiro Joseph Paxton há quase dois séculos, se uma for atingida, as demais também serão. 

Leia mais no BBCBrasil 

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Brasil deve se preparar para zika endêmica, dizem cientistas

            
O Brasil deve se preparar para que o zika vírus se torne uma doença endêmica tanto em território nacional como em outros países de América Latina, em um cenário semelhante ao que ocorre com a dengue - que desde os anos 1990 teve o número de casos multiplicados na região.
            O aviso vem de cientistas ouvidos pela BBC Brasil para analisar os possíveis desdobramentos no surto que já atingiu mais de 20 Estados brasileiros e pelo menos duas dezenas de países no continente. Entre eles o entomologista e médico Andrew Haddow, neto de Alexander Haddow, um dos três cientistas que em 1947 isolaram pela primeira vez o zika.
            A projeção é de um cenário preocupante diante da possível relação do zika com os 4 quatro mil casos sendo investigados de possível microcefalia no Brasil.
Para os especialistas, o país apresenta condições ideais para uma proliferação ainda maior do vírus do que a registrada até agora.
            O principal fator é a resistência do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da doença, e que voltou a infestar centros urbanos no Brasil depois de duas vezes erradicado nas últimas décadas.
            Dados do Ministério da Saúde mostram o avanço dengue no país. Foram 40 mil casos registrados em 1990. No ano 2000, o total saltou a mais de 135 mil casos, e superou 1 milhão em 2010. Em 2015, foram mais de 1,5 milhão de casos.

            A segunda questão é o fato de que a população brasileira não tem o organismo "preparado" para um vírus que, até o atual surto, não tinha sido registrado fora de países de África, Ásia e Oceania.
Leia mais no BBCBrasil 

CHICO

Em conversa com amigos, surgiu o tema música popular brasileira ligada a conteúdo político. Perfeito. E, claro, nos lembramos da época da ditadura e, atualmente, da relação de Chico Buarque de Holanda com o poder (acariciado, inclusive, por Dilma). Comentou-se sobre a mudez do grande compositor diante das mazelas terríveis pelas quais passa o enganado povo brasileiro. Aí, surgiu a frase que não quer calar: “Apesar de você, a sua obra será sempre digna.” Pois é...
Cláudio Humberto revela que Cerveró teme ser assassinado
Novas revelações sobre a frustrada fuga de Cerveró
Temos visto muitas declarações de implicados na Operação Lava Jato que fizeram a delação premiada nas quais eles dizem ter recebido ameaças de morte.
Não é para duvidar (e Celso Daniel que o diga!). Agora, surge uma revelação que envolve Delcídio Amaral, que segue preso, e lança uma nova visão sobre um detalhe do plano de fuga que ele pensou para Cerveró. Diz Cláudio Humberto, no seu Diário do Poder, que “A ‘rota de fuga’ imaginada pelo senador Delcídio Amaral (PT-MS) para o seu amigo Nestor Cerveró assustou familiares do ex-diretor da Petrobras e levou seu filho à decisão de gravar a reunião que resultou na prisão do Líder do Governo Dilma no Senado, e abriu caminho para o acordo de delação premiada que diminua sua temporada na prisão. O temor é que Cerveró fosse assassinado, como ‘queima de arquivo’. Pela rota de fuga de Delcídio, Cerveró passaria pelo Mato Grosso do Sul e, por terra, chegaria ao Paraguai. De lá, viajaria para a Espanha.
Familiares e amigos desconfiaram que a passagem pelo Mato Grosso do Sul deixaria Ceveró vulnerável a pistoleiros de aluguel. O conteúdo da delação de Nestor Cerveró mostrou que ele, de fato, sabia muito. Até envolveu a presidente Dilma e seu antecessor Lula. Além da rota de fuga, Delcídio ofereceu ao velho amigo Nestor Cerveró uma mesada de R$50 mil, em troca do seu silêncio. E sumiço.

Momento de grande mico
E fez, inclusive, o gesto de quem cava com uma enxada. Mas não é enxada que eles usam, amiguinha: é PÁ. Hehehe.
Engarrafa tudo, todos os dias.
E a questão, repito pela milésima vez, poderia ser resolvida com a simples presença de UM agente de trânsito, durante todo o dia. Mas...
“Um verme não é NECESSARIAMENTE um ser humano, salvo algumas exceções.” Certíssimo!


Por falar em prisão...
De um leitor assíduo (Carlos Quintela), a propósito de comentários que fiz aqui sobre jardins zoológicos: “Aprisionar pássaros em gaiolas para o prazer de seres humanos babacas é um dos grandes crimes contra a natureza. Fico a imaginar o contrário: passarinhos desfiando com seus filhotes diante de várias gaiolas cheias de homens,  mulheres e crianças.  Por tudo isso, ‘pimenta nos olhos dos outros é refresco’. Desde o passado até o momento: que geração de idiotas!”
Vi e ouvi no jornal do SBT, ontem, pela manhã: a locutora, narrando a situação gerada pelas nevascas nos Estados Unidos, comentou o fato de as pessoas acordarem e encontrarem seus carros cobertos de neve até o teto, e saiu-se com esta: “Nessa hora, o jeito é pegar na ENXADA e tirar a neve.”
Mas, voltando ao estresse
Apenas para registro: segue o caos no trânsito em vários pontos da cidade. Um deles é a Rua Djalma Dutra, devido à confusão geral gerada por caminhões descarga e descarga em um supermercado e motoristas selvagens de carros particulares, no Largo das Sete Portas.
Momento de realidade cruel
Para manter um clima mais soft, por assim dizer: revendo o excelente filme “O Jovem Frankenstein”, do genial Mel Brooks, anotei fala do personagem título, vivido por Gene Wilder, durante aula de patologia, no início do filme, a seus alunos:

Duas passagens é a recarga mínima no cartão Via Feira

            A quantia mínima para crédito no cartão Via Feira, usado por não estudantes nos ônibus que fazem o transporte urbano de Feira de Santana é de R$ 6,20, que corresponde ao valor de duas passagens.
            Os cartões estão sendo feitos na estação de Transbordo Central, à rua Olímpio Vital, em horário comercial – sem interrupção para almoço. O passageiro deve apresentar apenas a carteira de identidade e o CPF.
            O tempo para atendimento está sendo considerado aceitável pelos passageiros que formam pequenas filas ao lado do guichê onde os cartões estão sendo confeccionados desde segunda-feira, 25.
            “O tempo de espera é suportável porque o atendimento está sendo rápido, mesmo que as atendentes tenham que observar a documentação atentamente”, comentou José Porto, que mora no Tomba.

Passe-livre é a meia-passagem de papel para o estudante

            O Passe Escolar, de papel, é o vale-transporte usado pelos estudantes que ainda não fizeram o cartão Via Feira. A venda destes vales está sendo feita exclusivamente na estação de transbordo central, à rua Olímpio Vital.
            Ainda não tem data prevista para a suspensão da venda dos vales-transportes de papel. Enquanto isso, os cartões Via Feira continuam sendo feitos no Ginásio Municipal de Esportes, localizado no início da rua Aloísio Resende.
            Deverão ser apresentados os seguintes documentos – com cópias: carteira de identidade (para alunos a partir de 12 anos), certidão de nascimento (para menores de 12 anos), comprovante de residência, atestado de matrícula, original da nota fiscal e atestado de frequência para estudantes de pré-vestibular, guia de matrícula para universitários.
            Os novos cartões deverão ser revalidados até o dia 31 de março. O titular deverá apresentar o atestado de frequência – emitida pela escola, colégio, faculdade e universidade. A partir daquela data, quem não atender a determinação terá o cartão bloqueado eletronicamente. E apenas será reativado depois da devida apresentação do documento.


segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Brasil tem 21 cidades em ranking das 50 mais violentas do mundo

O Brasil é o país com o maior número de cidades entre as mais violentas do mundo em 2015, de acordo com um ranking internacional publicado nesta segunda-feira (25) por uma ONG mexicana. Das 50 cidades com maior taxa de homicídios por 100 mil habitantes em 2015, 21 são brasileiras. 
Três cidades baianas aparacem na lista. Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista.
            A lista, divulgada anualmente pelo Conselho Cidadão para a Segurança Pública e a Justiça Penal, leva em conta o número de homicídios por 100 mil habitantes e inclui apenas cidades com 300 mil habitantes ou mais. Foram excluídos países que vivem “conflitos bélicos abertos”, como Síria e Iraque.
            Apesar de o Brasil ser o país com mais representantes, o maior índice de violência foi detectado nas cidades da Venezuela. A taxa média brasileira foi de 45,5 homicídios por 100 mil habitantes e a venezuelana, de 74,65. Caracas, capital do país, lidera o ranking geral, com 119,87 homicídios dolosos para cada 100 mil habitantes.
            Primeiro lugar por 4 anos seguidos, San Pedro Sula, em Honduras, conseguiu reduzir o número de homicídios e passou para o segundo lugar. San Salvador, capital de El Salvador, ficou em terceiro.

As mais violentas do Brasil
            Das cidades brasileiras, a primeira a aparecer é Fortaleza, em 12º lugar. Em seguida vem Natal, em 13º, Salvador e região metropolitana, em 14º, e João Pessoa (conurbação), em 16º.
            Belo Horizonte, que figurava na lista do ano anterior, desta vez não apareceu. O contrário aconteceu com 3 cidades brasileiras, que estavam fora da lista de 2014, mas entraram na de 2015:  Feira de Santana (27º), Vitória da Conquista (36º) e Campos dos Goytacazes (39º).
            Também aparecem Maceió (18º lugar), São Luís (21º), Cuiabá (22º), Manaus (23º), Belém (26º), Goiânia e Aparecida de Goiânia (29º), Teresina (30º), Vitória (31º), Recife (37º), Aracaju (38º), Campina Grande (40º), Porto Alegre (43º), Curitiba (44º) e Macapá (48º).
            Das 50, 41 ficam na América Latina: 21 no Brasil, 8 na Venezuela, 5 no México, 3 na Colômbia, 2 em Honduras, uma em El Salvador e uma na Guatemala. Outros países com cidades na lista foram África do Sul, Estados Unidos e Jamaica.
O estudo é feito com base em dados oficiais ou de fontes alternativas, como ONGs. A metodologia é explica, país por país, neste link.

AS CIDADES MAIS VIOLENTAS DO MUNDO, SEGUNDO O RANKING
1° - Caracas (Venezuela) - 119.87 homicídios/100 mil habitantes
2° - San Pedro Sula (Honduras) - 111.03
3° - San Salvador (El Salvador) - 108.54
4° - Acapulco (México) - 104.73
5° - Maturín (Venezuela) - 86.45
6° - Distrito Central (Honduras) - 73.51
7° - Valencia (Venezuela) - 72.31
8° - Palmira (Colômbia) - 70.88
9° - Cidade do Cabo (África do Sul) - 65.53
10° - Cali (Colômbia) - 64.27
11° - Ciudad Guayana (Venezuela) - 62.33
12° - Fortaleza (Brasil) - 60.7713° - Natal (Brasil) - 60.66 14° - Salvador e região metropolitana (Brasil) - 60.63 15° - ST. Louis (Estados Unidos) - 59.23
16° - João Pessoa; conurbação (Brasil) - 58.40 17° - Culiacán (México) - 56.09
18° - Maceió (Brasil) - 55.63 19° - Baltimore (Estados Unidos) - 54.98
20° - Barquisimeto (Venezuela) - 54.96
21° - São Luís (Brasil) - 53.05 22° - Cuiabá (Brasil) - 48.52 23° - Manaus (Brasil) - 47.87 24° - Cumaná (Venezuela) - 47.77
25° - Guatemala (Guatemala) - 47.17
26° - Belém (Brasil) - 45.83 27° - Feira de Santana (Brasil) - 45.50 28° - Detroit (Estados Unidos) - 43.89
29° - Goiânia e Aparecida de Goiânia (Brasil) - 43.38 30° - Teresina (Brasil) - 42.64 31° - Vitória (Brasil) - 41.99 32° - Nova Orleans (Estados Unidos) - 41.44
33° - Kingston (Jamaica) - 41.14
34° - Gran Barcelona (Venezuela) - 40.08
35° - Tijuana (México) - 39.09
36° - Vitória da Conquista (Brasil) - 38.46 37° - Recife (Brasil) - 38.12 38° - Aracaju (Brasil) - 37.70 39° - Campos dos Goytacazes (Brasil) - 36.16 40° - Campina Grande (Brasil) - 36.04 41° - Durban (África do Sul) - 35.93
42° - Nelson Mandela Bay (África do Sul) - 35.85
43° - Porto Alegre (Brasil) - 34.73 44° - Curitiba (Brasil) - 34.71 45° - Pereira (Colômbia) - 32.58
46° - Victoria (México) - 30.50
47° - Johanesburgo (África do Sul) - 30.31
48° - Macapá (Brasil) - 30.25 49° - Maracaibo (Venezuela) - 28.85
50° - Obregón (México) - 28.29


Fonte: G1



O homem que precisa avisar a polícia com 24 horas de antecedência que pretende fazer sexo

           
 Um homem na cidade de York, noroeste da Inglaterra, recebeu uma ordem judicial que determina que ele precisa avisar à polícia com 24 horas de antecedência quando quiser ter relações sexuais.
            O britânico, cujo nome não pode ser revelado por motivos legais, foi absolvido em 2015 de uma acusação de ter mantido relações com uma mulher sem o consentimento dela.
            Os juízes de York determinaram que a ordem provisória de risco sexual imposta em dezembro fosse estendida por mais quatro meses.
            A medida exige que o homem revele à polícia qualquer atividade sexual que tenha planejado. Se ele não der o aviso poderá ser condenado até a cinco anos de prisão.
            Segundo a ordem o britânico "deve revelar os detalhes de qualquer mulher incluindo seu nome, endereço e data de nascimento".
            "Deve fazer isto com pelo menos 24 horas de antecedência à realização de alguma atividade sexual."
            Além disso também estabelece restrições no uso que ele pode fazer da internet, telefones celulares e exige que o britânico informe à polícia caso mude de endereço.
Em uma audiência marcada para maio deve ser decidido se esta ordem provisória será transformada em decisão permanente que seria aplicada por um período mínimo de dois anos mas que poderia ser estendida por um período indefinido.
            As ordens de risco sexual foram instituídas na Inglaterra e no País de Gales em março de 2015 e são medidas de caráter civil impostas por juízes a pedido da polícia.
            Podem ser aplicadas a qualquer indivíduo que, de acordo com a polícia, represente algum risco de cometer um delito sexual. E também podem ser aplicadas até se a pessoa nunca foi condenada por um crime. (BBCBrasil)