quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Alex Ferraz


A PONTE
Só com o que será gasto com o projeto da ponte Salvador-Itaparica, cerca de R$ 40 milhões, poderiam ser construídas inúmeras salas de aula ou até um grande hospital. O custo da ponte em si, então, nem se fala! Será que estamos mesmo precisando desta ponte? Humm...

Frase: "Devemos ter uma boa memória para sermos capazes de cumprir as promessas que fazemos." (Friedrich Nietzsche)

Tragédia cai no esquecimento
Vejo no jornal Estado de Minas que quase 50 boates e casas noturnas em geral continua fechado naquele estado, ainda em consequências de irregularidades flagradas após fiscalização rigorosa depois da tragédia de Santa Maria (RS), na boate Kiss, onde morreram mais de 230 pessoas.
Ponho-me a pensar (péssimo hábito, hein? Pois sim!): quais seriam os números desta situação na Bahia? Lembro-me que, no auge da comoção nacional causada pelo desastre, duas ou três boates foram autuadas em Salvador, mas logo voltaram a funcionar. E de nada mais recordo, salvo o fechamento das casas noturnas em Ilhéus, mas que também já voltaram à ativa.
Sigo conjecturando: será que TODAS as boates e casas noturnas da Bahia estão totalmente regulares? Ou será que é verdade o que ouvi de um amigo, sobre estabelecimentos deste tipo na orla, quando ele afirmou que “a maioria das casas noturnas da Orla só tem uma saída, que é a própria entrada”?
Não sei, dúvida atroz! O que sinto no ar, ainda com o cheiro da fumaça da boate Kiss, é que a proverbial memória fraca do brasileiro, de extrema utilidade para governantes e políticos que só fazem coisas que precisam ser esquecidas logo, continua em vigor. Até a próxima tragédia? Veremos...

Sobre o
trânsito (I)

Anteontem, entre Nazaré e Piedade, por volta das 17h, gastei enfurecedores 30 minutos (nem falo do sentido contrário, Piedade/Nazaré, porque aí a avenida virou um grande estacionamento). Motivo: obras do governo para o chamado entorno da Fonte Nova (lembrar que falo das obras oficiais, na região da Avenida Joana Angélica, e não daquelas feitas pela empreiteira, no Dique, que têm sido muito bem ordenadas em termos de trânsito).
Havia, inclusive, duas intervenções, cercadas e tomando metade das pistas próximas à Igreja de Santana, que nada apresentavam que pudesse impedir o tráfego por elas. Teria sido uma “armadilha” para deteriorar ainda mais o trânsito? Hum...

Sobre o
trânsito (II)

E, como sempre, não vi UM SÓ agente da Transalvador na área. Já disse e repetirei à exaustão: é inaceitável que o órgão de trânsito da prefeitura não coloque agentes a pé (chegando ao local de moto) para interferir nos gargalos nos horários de pico.
A impressão que se tem é de que não existe qualquer tipo de autoridade no trânsito da cidade.
E nossos motoristas, que são os piores do Brasil (mal educados, violentos e oportunistas) se deliciam, fazendo o que querem e bem entendem. Ponto final.
E agora,
senhores?

Os acidentes nas estradas estaduais e federais na Bahia só têm crescido, e as mortes também.
E olha que as férias acabaram e a Lei Seca tem agora tolerância zero. Então, quais serão as causas? Ganha um doce quem disser: falta de fiscalização contínua em ampla, péssima sinalização e rodovias saturadas e mal cuidadas.

Olho nele,
OAB!

João Paulo Cunha, condenadíssimo pelo STF no julgamento do mensalão, está estudando Direito. Isso mesmo, quer virar advogado.
Sugiro à OAB que fique de olho neste senhor, após sua formatura, pois ele pode engrossar o cordão de causídicos que deveriam estar no banco dos réus.

Com explicar,
dona Marina?

O estatuto da Rede Sustentabilidade, novo partido da ex-senadora Marina Silva, foi publicado nesta terça-feira (26) no Diário Oficial da União com a exclusão do veto que proibia a filiação de fichas sujas. O objetivo seria permitir que militantes de movimentos sociais que respondem a processos na Justiça possam fazer parte da legenda.
É como dizia, ontem, uma charge na capa do Diário de Pernambuco: “Caiu na REDE, é peixe”. Hehehe.

TURISMO - Os interessados em participar do II Salão Baiano de Turismo, que será realizado no período de 10 à 14 de abril, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador, já podem se inscrever. Um atrativo de destaque no evento é a maquete da Bahia, que mostra os atrativos de todas as zonas turísticas, onde o visitante pode caminhar sobre todos os pontos do estado. O equipamento tem 120 metros quadrados.

SINFÔNICA - A Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) suspendeu as inscrições para o curso “A Música e seus Segredos: Uma viagem pela história da música”, ministrado pela professora de orquestra Karina Martins Seixas, que aconteceria a partir de março. Novas datas serão divulgadas em breve.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Carro movido a café entra para Guinness Book por alta velocidade



Não, o café não serve só para te manter acordado naqueles dias em que ficar de olho aberto no trabalho ou na aula está difícil. O grão também é capaz de nos locomover de um lugar para outro – e, melhor ainda, fazer a gente chegar mais rápido ao nosso destino. Desenvolvido pelo britânico Martin Bacon, o Coffee Car funciona a base do alimento e acabou de entrar para o Guinness Book por seu alto desempenho de velocidade.
O recorde foi atingido em um campo de aviação localizado na cidade de Manchester, na Inglaterra. O Coffe Car – uma pick-up da Ford de 1989, modelo P100, adaptada com um sistema gaseificador para conseguir se movimentar a base de café – atingiu 110km/h. A velocidade é um marco para um modelo adaptado desse tipo. (Confira outros 10 recordes da sustentabilidade que estão no Guinness Book)
A façanha consagrou ainda mais o carro, que já era destaque por seu combustível inusitado. Quem já torceu o nariz pensando no impacto do aumento da produção do grão para uso automobilístico, pode desfazer a cara feia: o modelo desenvolvido por Bacon utiliza a casca do caféou seja, os resíduos da produção da bebida – para se locomover, o que significa que a invenção pode ajudar a reduzir a produção de lixo.
Funciona assim: o sistema gaseificador instalado no Coffee Car queima os resíduos orgânicos em alta temperatura. Como resultado, o carro gera gases combustíveiscomo monóxido de carbono e hidrogênio –, que alimentam o motor de combustão adaptado do veículo, fazendo ele se locomover.
Curtiu a invenção? Pena que, assim como a gasolina, o preço do combustível de café pode inflacionar, já que pesquisas mostram que o grão ficará cada vez mais caro por conta do aquecimento global.

Fonte: Super Interessante
Foto: Reprodução/Youtube

Espiritismo sem preconceito



O que se observa na relação entre encarnados e espíritos é que os encarnados sempre buscam os benefícios pessoais numa tentativa de ressuscita a antiga Lei de Gerson, “Levar vantagem sempre”. Essa atitude é inconsciente e espontânea.
Muitos vão achar que esse é um ponto de vista bastante radical, mas é muito difícil ver alguém contatando com pessoas do mundo espiritual como se fossem dois encarnados.
O encarnado está sempre tentando obter favores e, às vezes, a depender da linhagem desses seres, até oferecendo suborno mesmo em se tratando de atitudes do bem. 
Quando dois amigos ou até mesmo pessoas conhecidas se encontram elas se confraternizam e conversam alegremente. Um encontro desse pode até desencadear um processo de ajuda em ambas às partes.
Porque não poderia ser assim o relacionamento entre encarnados e habitantes do mundo espiritual? Assim como um encarnado precisa de ajuda, muito mais desencarnados estão nessa mesma situação. Os encarnados se preocupam mais com as doenças do corpo já os desencarnados com as doenças psíquicas.
Num encontro desses ninguém sabe quem está revivendo a fábula do burrinho que se mata carregar água da fonte para ganhar uma boa ração ou do dono do burrinho que é alimentado simplesmente para que continue a carregando água da fonte.
Não quero dizer com isso com o mundo espiritual se resume apenas a espíritos de desencarnados. Quem acha assim é porque tem muito chão para andar e pouco saiu do lugar.
Em minha adolescência, em visita a um parente, excelente médium que contatava com extrema facilidade com espíritos de luz das mais distintas linhagens, algo de muito positivo ficou registrado em minha mente.
Após algumas pessoas completarem sua secção de benefícios pessoais se iniciava a minha conversa com esses seres. O “bate-papo” girava em torno de como estavam seus amigos, os quais eu já identificava alguns, como eram suas cidades e aldeias, como eram suas brincadeiras.
Lembro-me de um garotinho, não vou citar o nome, que sempre me falava das brincadeiras entre si, numa estradinha de terra que terminava dentro da aldeia. O curioso é que essas brincadeiras eram com um carrinho de plástico que eu havia lhe dado há alguns dias e eles compartilhavam esse carrinho, uns com os outros, durante esses momentos.
Quando eu doei esse carrinho, em mãos desse garotinho incorporado nesse meu parente, eu nem imaginava que seria possível ele ser levado para essa aldeia. Só depois, lendo alguns livros espíritas é que fiquei sabendo de um processo muito conhecido no meio espírita. Era o “Plasmar de objetos”.
Outra coisa que eu me lembro era dele me contando de alguns “carões” que um tal avô ou pai, não sei ao certo, lhe dava por alguma peraltice que não era legal.
Não é admissível que uma relação dessa seja censurada, principalmente por grupos espíritas, bandeirantes do preconceito, usando esta frase mortal: não é bem assim. Isso vai de encontro aos ensinamentos de Kardec.

Conrado Dantas

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Alex Ferraz

TRÂNSITO
A cidade continua sentindo falta de agentes da Transalvador para orientar o trânsito nos momento de pico, em pontos de gargalo como João Angélica, Bonocô, Iguatemi e Paralela. Atualmente, os agentes só saem para arrecadar multas de 2 mil reais da Lei Seca.
Frase: "Não há nada mais relevante para a vida social que a formação do sentimento da justiça." (Rui Barbosa)

Aqui, definitivamente, o crime compensa
Encerrado o julgamento de Gil Rugai, acusado de matar o pai e a madrasta. Ele foi condenado a 33 anos de prisão, mas saiu, livre e solto, pela porta de frente, porque havia recursos e outras mutretas típicas do Código Penal brasileiro, mutretas estas que permitem que bandidos circulem livremente no País, enquanto gente pobre, preta que roubou uma galinha, apodrece em delegacias que mais parecem masmorras para tortura.
É um País onde um investigado que renunciou ao cargo devido a pressões de denúncias escabrosas, volta sorridente e reassume a presidência do Senado, e ainda tem a cara de pau de falar em “ética”.
É um país onde menores de idade cometem todo tipo de crime, sempre monitorados por maiores do crime organizado, e ficam soltos para continuar roubando e matando.
É um país onde políticos condenados pelo STF sorriem, gastam fortunas em passeios e debocham, enfim, da população.
E um país onde um contraventor como Carlinhos Cachoeira, alvo de inúmeras denúncias, fica livre e gasta diárias de mais de 3 mil reais com a esposa em resort, sorrindo para as câmeras.
É um pais, enfim, que não respeita seus cidadãos honestos, onde o governo persegue gente de bem que tem uma arma e deixa os bandidos cada vez mais bem armados.
É um país onde os políticos, certamente pensando em causa própria, insistem em manter um Código Penal que não leva ninguém para a cadeia, a menos, repito, que seja preto e pobre.
É um país que, com certeza, jamais irá pra frente, se assim continuar.

Propaganda
enganosa (I)

A Claro TV está anunciando fartamente na TV seus pacotes. Baratos, até. Mas a propaganda é omissa, pois informa que não há taxa de instalação, e, no entanto, quando o cliente opta por pagamento através de boleto, em vez de débito em conta, a empresa cobra, sim, uma taxa de R$ 50.
Portanto, não está falando a verdade nos seus comerciais. Procon neles!

Propaganda
enganosa (II)

Os vendedores informam aos clientes que optam pelos boletos que o pagamento da taxa de instalação pode ser feito também em boleto, que deve ser entregue pelo técnico na hora da instalação, e com data para alguns dias depois.
No entanto, os que pedem o boleto, em vez de pagar diretamente ao técnico, sofrem com má vontade e até interrupção proposital do sinal.

Propaganda
enganosa (III)

É o que está acontecendo com um cliente do Barbalho, onde o técnico chegou e deixou tudo muito mal instalado, a ponto de os cabos despencarem logo após sua saída.
O cliente acabou fiando sem a TV no fim de semana, mesmo tendo pago a taxa inicial de assinatura (que custa o dobro da mensalidade) cinco dias ANTES. Um abuso!

Médicos não
explicam (I)

A coisa de sempre. Pneumonia, infecção generalizada, falência múltipla dos órgãos. Mas o paciente esteve sempre lucidíssimo, e aí induziram o coma, a pressão foi caindo etc. Os parentes acharam tudo muito esquisito. O cidadão estava internado pelo SUS. E morreu.

Médicos não
explicam (II)

O que descrevi na nota anterior tem sido a rotina de mihares de brasileiros, em hospitais.
Pelo visto, parece que a médica que chefiava uma gangue para matar, segundo denúncias, pacientes do SUS em UTI, em Curitiba, não está sozinha. Hum!

ARQUITETURA - Arquitetos e designers de interiores baianos já podem selecionar seus projetos para concorrer ao Prêmio Núcleo Destaque, promovido há nove anos pelo Núcleo de Decoração da Bahia. O regulamento completo do concurso encontra-se no site www.ndbahia.com.br
CAJAZEIRAS - Os moradores de Cajazeiras X recebem nesta semana o “Coelba ao Seu Lado”, projeto de atendimento diferenciado da concessionária que leva orientações e serviços aos consumidores. O evento acontece no dia 28, no Largo da Feirinha, às 19h, quando haverá palestras diversas.

ASFALTO - Nos 50 primeiros dias da atual administração municipal, a Superintendência de Conservação e Obras Públicas do Salvador (Sucop) já realizou a Operação Tapa-buraco em 120 ruas de Salvador, perfazendo um total de 170 quilômetros de pavimento. E já estão previstas 230 novas ruas que receberão operação.

Satchita

Sentença em versos



O juiz Ronaldo Tovani, 31 anos, substituto da comarca de Varginha,
ex-promotor de justiça, concedeu liberdade provisória a um sujeito preso em flagrante por ter furtado duas galinhas e ter perguntado ao delegado:
'desde quando furto é crime neste Brasil de bandidos?'
O magistrado lavrou então sua sentença em versos:

No dia cinco de outubro
Do ano ainda fluente
Em Carmo da Cachoeira
Terra de boa gente
Ocorreu um fato inédito
Que me deixou descontente.

O jovem Alceu da Costa
Conhecido por 'Rolinha'
Aproveitando a madrugada
Resolveu sair da linha
Subtraindo de outrem
Duas saborosas galinhas.

Apanhando um saco plástico
Que ali mesmo encontrou
O agente muito esperto
Escondeu o que furtou
Deixando o local do crime
Da maneira como entrou.

O senhor Gabriel Osório
Homem de muito tato
Notando que havia sido
A vítima do grave ato
Procurou a autoridade
Para relatar-lhe o fato.

Ante a notícia do crime
A polícia diligente
Tomou as dores de Osório
E formou seu contingente
Um cabo e dois soldados
E quem sabe até um tenente.

Assim é que o aparato
Da Polícia Militar
Atendendo a ordem expressa
Do Delegado titular
Não pensou em outra coisa
Senão em capturar.

E depois de algum trabalho
O larápio foi encontrado
Num bar foi capturado
Não esboçou reação
Sendo conduzido então
À frente do Delegado.

Perguntado pelo furto
Que havia cometido
Respondeu Alceu da Costa
Bastante extrovertido
Desde quando furto é crime
Neste Brasil de bandidos?

Ante tão forte argumento
Calou-se o delegado
Mas por dever do seu cargo
O flagrante foi lavrado
Recolhendo à cadeia
Aquele pobre coitado.

E hoje passado um mês
De ocorrida a prisão
Chega-me às mãos o inquérito
Que me parte o coração
Solto ou deixo preso
Esse mísero ladrão?

Soltá-lo é decisão
Que a nossa lei refuta
Pois todos sabem que a lei
É prá pobre, preto e puta...
Por isso peço a Deus
Que norteie minha conduta.

É muito justa a lição
Do pai destas Alterosas.
Não deve ficar na prisão
Quem furtou duas penosas,
Se lá também não estão presos
Pessoas bem mais charmosas.

Afinal não é tão grave
Aquilo que Alceu fez
Pois nunca foi do governo
Nem seqüestrou o Martinez
E muito menos do gás
Participou alguma vez.

Desta forma é que concedo
A esse homem da simplória
Com base no CPP
Liberdade provisória
Para que volte para casa
E passe a viver na glória.

Se virar homem honesto
E sair dessa sua trilha
Permaneça em Cachoeira
Ao lado de sua família
Devendo, se ao contrário,
Mudar-se para Brasília.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Manifestantes fecham BA 245 na Chapada Diamantina



  Lideranças do município de Itaetê, localizado na Chapada Diamantina, há cerca de 380 KM de Salvador, fecharam por tempo indeterminado na noite de domingo (24), a BA-245 no trecho do entroncamento de acesso à cidade de Iramaia, vedando também a passagem de veículos por aquela rodovia (BA 131). Os manifestantes reivindicam a pavimentação asfáltica do trecho entre Marcionílio Souza e o entroncamento com a BA 142, passando por Itaetê.
O governador Jaques Wagner esteve recentemente na região para inaugurar o trecho restaurado entre as cidades de Iaçu e Marcionílio Souza e, na oportunidade, teria prometido asfaltar, de imediato, mais nove KM da estrada, até o município de Itaetê. Porem, o prometido não foi cumprido, o que causou a revolta da população, que há muito reclama por esta obra.
Em fevereiro de 2011 motoristas que fazem transporte de cargas e passageiros na região, fecharam a rodovia para protestar contra o estado precário em que se encontrava a mesma, desde o entroncamento com a BR 116- Sul, no município de Milagres, até Marcionílio Souza.
Caminhões foram atravessados na estrada, diversas caçambas descarregaram areia e pneus foram queimados, para impedir a passagem de veículos. Alguns veículos que tentaram forçar a passagem tiveram os pneus esvaziados. Os manifestantes distribuíram cópias de um ofício enviado pelo então prefeito de Itaetê, Admar Matos Souza, em fevereiro do ano passado, ao secretário estadual da Infra Estrutura, Otto Alencar, solicitando a pavimentação da BA 245. O ofício contém um despacho do secretário onde o mesmo determina ao Derba fazer o orçamento da obra.
Nas diversas faixas colocadas no local, o secretário Otto Alencar é cobrado e o governador é questionado sobre o fato de que se a Bahia é de todos, Itaetê também tem que ser contemplada com obras do governo.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013









 Poesia
Poetas, seresteiros, namorados, apressai-vos! Este blog tem agora um espaço para a poesia. Que nestes tempos de aridez cultural, seja este um oásis para as mentes férteis, criativas e sensíveis à beleza e à alegria. Envie seus versos para semprelivre2009@gmail.com ou msergia@gmail.com . O espaço é dos poetas e poetisas, daqui ou de alhures. Ocupem-no!

Milagre?
A presidente Dilma disse que a produção de grãos este ano será a maior da história do Brasil. E atribui isso aos investimentos do governo, principalmente, na agricultura familiar. Eu gostaria de saber como foi feito o milagre, porque em todo o Nordeste, devido à estiagem que já entra no quarto ano consecutivo, mal se tem produzido o que se come, e no Sul e Sudeste as enchentes estão arrasando as plantações. É, “cumpanheira” Estela, eu às vezes sinto-me inclinado a acreditar na senhora. Mas, desse jeito, fica difícil.

 Miau
Um cidadão que mora no mesmo prédio em que mora o presidente da Federação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, um dia passou a estranhar o alto valor de sua conta de luz. Solicitou então verificação da empresa fornecedora de eletricidade e descobriu um gato. Ele pagava, além do seu consumo, o do vizinho cartola, famoso por ter surrupiado uma medalha durante uma competição em São Paulo. E esse é o homem responsável pela organização da Copa do Mundo de 2014.

Os vendilhões do Congreso

Caiu na rede é eleitor
A ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, lançou no sábado passado (16), o novo partido que criou, o Rede Sustentabilidade. Segundo ela, em três meses coletará as 500 mil assinaturas necessárias para dar entrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o pedido de registro definitivo da nova legenda. O senador Eduardo Suplicy, que esteve esta semana em Feira de Santana, acompanhando a cubana Yoani Sanchez, deverá ser uma das estrelas do novo partido.

Mercenários
Um dos manifestantes que insultaram, xingaram e reprimiram o direito de expressão à blogueira cubana Yoani Sanches, a chamou de “mercenária”, porque, segundo ele, ela é financiada pelos americanos. Mas ele não disse quem financia os manifestantes como ele. Pelo que sabemos, a blogueira é jornalista, e é paga pelo seu trabalho. Mas não é de se estranhar que petralhas a chamem de mercenária. Eles entendem que todos devem trabalhar de graça para sustentar a meia dúzia de ditadores que trata o povo com mão de ferro. São como Cid Gomes, governador do Ceará, para quem os professores deveriam “trabalhar por amor e não por dinheiro”.

O sistema é bruto
“Em Feira de Santana, estudantes fazem protestos contra aumentos nas tarifas do transporte público. Eles apanham, são presos, mas as passagens continuam aumentando. Também na democracia, Yoani, a livre manifestação do pensamento está atrelada a interesses. Observe que algumas pessoas reagiram com ódio aos protestos contra você, “esquecendo” que eles fazem parte do exercício de cidadania numa Nação democrática. Na ditadura ou na democracia, Yoani, o ódio à liberdade de expressão é latente, só precisa de um estopim para se manifestar. Porque em qualquer regime o sistema é bruto”. Edson Borges, falando em relação à blogueira cubana, Yoani Sanchez, que achou “lindo” o direito aos protestos feitos contra ela.

Deixem Yoani falar

Ditadura na Cuba dos outros é refresco (I)
“O deputado estadual Alvaro Gomes (PC do B), disse que Yoani Sanchez era persona non grata na Bahia porque estava falando mal do regime cubano e tem um monte de gente acusando a moça de receber dinheiro da CIA e sabe lá mais o quê, esquecendo que Cuba viveu décadas recebendo dinheiro da URSS e hoje sobrevive com os dólares de Chavez, o que é tão legítimo quanto se Yoani receber da CIA ou do Baú da Felicidade”. (Victor Mascarenhas, publicitário)

Ditadura na Cuba dos outros é refresco (II)
“Quando Condoleeza Rice, então Secretária de Estado de George W.Bush (de nem um pouco saudosa memória), veio à Bahia, pouco depois de comandar a invasão do Iraque e do Afeganistão, desrespeitar todas as leis internacionais e direitos humanos na base de Guantanamo e nas invasões americanas, foi recebida pelo governador e seu staff com toda pompa, circunstância e puxação de saco. Onde estavam os manifestantes que vaiaram Yoani Sanchez nesse dia? Talvez o deputado Alvaro Gomes estivesse até nesse jantar, quem sabe? Mas ele não achou Condoleeza persona non grata, mesmo com tudo que ela fez e representava na época”. (Victor Mascarenhas, publicitário)

Quem financia quem?


Ditadura na Cuba dos outros é refresco (III)
“O sectarismo com o qual o PT e o PC do B receberam Yoani Sánchez no último dia 18 em Feira de Santana, não só remete a um modelo de visão política canhestra (que nos coloca num túnel do tempo ineficaz e demagogo) como também demonstra a pequenez de quem faz a militância nesses grupelhos radicais, hoje, infelizmente, ainda agonizando no país. Defender Cuba sem morar lá (sem pagar esse terrível ônus de viver no pelourinho dos escombros de uma era), enquanto come pão de alho com cerveja no bar de Zequinha e churrasquinho de gato no Ferro de Engomar é, no mínimo, patético”. (Edmundo Carôso, músico e compositor)

Invasão?
Em meio a esta celeuma em torno da visita da cubana, não devemos esquecer uma denuncia grave. Funcionário do governo federal participando de reunião na embaixada cubana em Brasília, e a possível presença de policiais da Inteligência Cubana seguindo a blogueira dentro do Brasil. O governo federal precisa dar explicações ao público. E a soberania nacional, onde é que fica?


Feijoada NoiteDia 

Na Mansão 888 com Luiz Caldas

 Feijão Chic
Dia 21 de abril, a partir das 13h, no Zila's Cerimonial.
 Professores engabelados
Acintosa. Assim foi considerada pelas ADs a proposta apresentada pelo governo na reunião da Mesa de Negociação ocorrida terça-feira passada (19), na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem). Ao invés de trazer um cronograma com os índices para a incorporação da CET (24,97%), conforme Termo de Acordo assinado em junho de 2011, o governo simplesmente tentou engabelar o Movimento Docente (MD) propondo uma “nova” metodologia. Após uma discussão tensa, os representantes das ADs garantiram nova reunião para a próxima quarta (27), quando aguardam a retomada das negociações. É o jeito PT de negociar.

O Zoto


Latim de botequim
“Morituri phodelhos sunt”. (Crstóvam Aguiar)

Tô certo ou tô errado?

Frase
Quem trabalha e mata a fome não come o pão de ninguém, mas quem ganha mais do que come sempre come o pão de alguém”. (anônimo)

Parachoque de caminhão
“Sogra e onça pintada muita gente defende, mas ninguém quer levar pra casa”. (coletado pela professora Lélia Vitor)

Philosopher
Não leia com o intuito de contradizer ou refutar, nem para acreditar ou
concordar, tampouco para ter o que conversar, mas para refletir e avaliar”. (Sir Francis Bacon)

_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_
Por hoje é só que agora eu vou ali perguntar a Jesus como foi que Dilma fez a multiplicação dos grãos