quinta-feira, 31 de março de 2011

João-de-barro constrói ninho em semáforo de Florianópolis




 











Um joão-de-barro construiu seu ninho em um semáforo em Florianópolis. O semáforo fica em frente ao Terminal Rodoviário Rita Maria. Segundo funcionários do terminal, apesar do ninho, o trânsito no local flui normalmente na manhã desta quinta-feira (31). (Foto: Guto Kuerten/Diário Catarinense/Agência RBS)

quarta-feira, 30 de março de 2011

Sempre Livre será lançado no domingo (03)



“Na apresentação que fez do primeiro meu livro de crônicas de Cristóvam Aguiar, “A Levada da Égua e Outras Estórias”, o jornalista Edson Borges disse que ficava a imaginar como eu, se pudesse, contaria o seu próprio nascimento, enriquecendo a narrativa com os nove meses em que, muito preguiçosamente, habitei o ventre da minha corajosa mãe. Isso me levou a vasculhar os mais recônditos nichos da mente em busca de lembranças antigas.

Bem. A lembrança mais antiga que me acorreu foi de um forró, na cidade onde moravam meus pais, no alto sertão baiano, festa esta em que fui com o meu pai e voltei com a minha mãe. De lá pra cá, isso o Edson acertou, eu fiquei ali, preguiçosamente, por nove meses, imaginando como seria minha chegada ao mundo. Se eu não fosse tão cuca fresca, já nasceria paranóico. Afinal, você está ali sem saber coisa alguma de nada. Você tanto pode dar de cara com uma mãe dedicada e carinhosa, no seio de uma família bem estruturada, como pode encontrar com alguém que vai te jogar no vaso sanitário. É mole?...”

Este é apenas um trecho de uma das crônicas do livro Sempre Livre, intitulada “O dia em que vim ao mundo”, que Cristóvam Aguiar vai lançar no domingo (3) a partir das 11 horas, no Boteco do Vital (esquina da rua Boticário Moncorvo com a Comandante Almiro) na Kalilândia. O local escolhido para o evento, segundo Cristóvam, é o lugar que ele frequenta há mais de 50 anos, pois chegou ao bairro ainda menino e ia até lá comprar doces e refrigerantes. Depois de adulto continuou frequentando o lugar onde até hoje costuma se reunir com seus velhos amigos para beber e conversar.

Para que o projeto fosse possível, ele contou com o apoio da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), através do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA), e do Instituto de Hematologia de Feira de Santana (IHEF). O livro, de 84 páginas, tem apresentação do médico, poeta e compositor Outran Borges, capa de Leno Aguiar e comentário de Maura Sérgia (Na foto com Cristóvam Aguiar no lançamento do primeiro livro).

Na apresentação, Outran Borges diz “para mim foi um privilégio escrever essa apresentação, pois tive o prazer de ler o livro mesmo antes de ter sido publicado; muito embora já conhecesse algumas das situações nele contidas. Por outro lado foi difícil, pois pela amizade pessoal com o autor, fica sempre aquela preocupação de não se estar apenas elogiando uma obra literária, embora tenha comigo uma certa convicção de que o leitor haverá de concordar quanto à qualidade, que utilizando um estilo simples, objetivo, sem a prolixidade desnecessária de alguns “eruditos”, consegue manter no leitor aquela vontade de devorar o texto, deixando-o com saudade ao final...”.

Ficou curioso (a)? Então não perca a oportunidade de dar uma conferida. Vá lá no Boteco do Vital, onde haverá música ao vivo com artistas feirenses, exposição e venda de livros de cordel e discos de artistas feirenses, além de contação de causos e atividades diversas.

Vale lembrar que não estão sendo distribuídos convites formais. Estes são feitos de boca em boca, via telefone, email, ou mesmo através dos programas de radio, blogs e jornais. “Todos sintam-se convidados. Os meus amigos, desafetos, conhecidos, desconhecidos. Sem distinção. O espaço é aberto”, diz Cristóvam Aguiar.




terça-feira, 29 de março de 2011

Curitiba tem o maior ônibus do mundo


A capital do Paraná é conhecida pelo seu transporte público. Quem chega em Curitiba pela primeira vez logo repara nas estações tubo e nos diversos corredores de ônibus, em que circulam ônibus cinzas, os ligeirinhos, e ônibus laranjados, os biarticulados.
Agora, a cidade – que completa 318 anos nesta terça-feira (29) – ganha um ônibus azul.
O novo modelo de biarticulado é movido a combustível à base de soja e, com 28 metros de extensão, é o maior ônibus do planeta em comprimento. A lotação máxima é de 250 pessoas. O modelo anterior, que continua circulando transporta 170.
O biarticulado azul vai circular em duas linhas expressas que fazem a ligação entre dois bairros afastados (Boqueirão e Pinheirinho) e o centro da cidade. Cerca de 50 mil pessoas circulam nessas linhas por dia.


Enquanto isso, na Princesa do Sertão...

Del Feliz - Estrela Dalva - (Forró Enredo)

Intolerância e mau humor


Não me sai da cabeça as imagens de um grupo de supostos torcedores (para mim eram simples marginais) depredando a entrada de um edifício apenas porque viram a bandeira de um time de futebol desfraldada numa janela do prédio. Fiquei pensando: parece que as pessoas ficam guardando mágoas e frustrações e saem de casa à procura de um motivo para extravasar toda a violência que gostaria de despejar contra quem lhe magoou, mas não têm coragem.

Frustram-se no relacionamento conjugal e descarregam contra os filhos. Estes, por sua vez, descarregam contra colegas na escola. Empregados são humilhados e explorados pelos seus patrões, e vingam-se em seus colegas ou contra o primeiro que encontram na rua. Professores, que trabalham muito e ganham muito pouco, não podem ter um padrão de vida decente, e vingam-se nos seus alunos.

E por aí vai. Frustrações e raivas vão sendo acumuladas para descarregar contra o primeiro incauto que encontram pela frente. E há um tipo de frustração que eu julgo bem mais perigosa. É aquela que sofrem os tímidos, porque gostariam de fazer um monte de coisas que os outros fazem, mas não têm coragem. Mais tarde, se são bem sucedidos na vida, usam do seu poder para impor suas vontades contra a grande maioria. São empresários, governantes, líderes religiosos, militares e mais uma gama de gente poderosa, mas que não conseguiu gozar a vida por repressão, medo ou timidez.

Esse tipo de gente é perigosa e má humorada. Eles não conseguem conviver com os diferentes e as diferenças. Incomoda-lhes sobremaneira a felicidade alheia. Só pensam em destruir, em desfazer o que não tiveram coragem de fazer. Essa timidez e falta de coragem de viver, pode ser parte da explicação para o mau humor, intolerância e violência que experimentamos atualmente no nosso dia a dia.

E em matéria de mau humor e intolerância, os europeus são campeões. Não faz muito tempo que os velhinhos que comandam a Federação Internacional de Futebol, a FIFA, queriam acabar com as comemorações de gols nos jogos de futebol. Queriam determinar que apenas o capitão do time que fez o gol fosse até o artilheiro e o cumprimentasse com um aperto de mão. Graças a Deus desistiram da idéia, até porque essa regra seria desobedecida sistematicamente aqui na América do Sul, onde todos são alegres e apaixonados por futebol.


Mas, volta e meia, somos vítimas da intolerância e frustração dos Europeus nos campos de futebol. Agora mesmo, jogaram cascas de banana no Neymar, que fizera dois gols contra a Escócia, um deles espetacular. Com o gesto, o estariam chamando-o de macaco, como se eles também não o fossem, com a única diferença de que eles são macacos brancos e nós, macacos negros ou morenos. Mas, ainda assim, macacos.

Essa intolerância, esse preconceito, esse mau humor é responsável maior pela violência, onde quer que ela se manifeste. Seja nos campos de futebol, nos carnavais, nas festas em geral, onde o espírito reinante seja o da alegria, felicidade e bom humor.

sexta-feira, 25 de março de 2011





Revolta


Daniela Mercury ficou revoltada com a Prefeitura de Salvador porque não atendeu ao seu pedido de elevar a altura dos fios da rede elétrica. Segundo ela, o seu novo trio ficou um pouco mais alto o que colocaria sua vida em risco. O custo desse pedido, só no circuito da Barra seria de mais de R$ 3 milhões de reais. Já comprou seu abadá para o próximo carnaval? Não? Então corra que está acabando!

Inofensivos
Os dois gorilas policiais que foram flagrados por uma câmera de segurança espancando um adolescente, foram soltos esta semana porque, segundo o seu advogado, porque “a justiça entendeu que os dois não oferecem perigo à sociedade”. Essa é Polícia que temos e a Justiça que merecemos. Até que um dia a gente resolva reagir.

Feijoada Beneficente
A recém-criada Pró Paróquia de São Francisco de Assis, que envolve as comunidades de São Francisco de Assis (no Conjunto João Paulo II), São Brás (na Mangabeira), São José (no Alto do Papagaio), São Judas Tadeu (na Man tiba) e Santa Rita(na Santa Rita), com os objetivos de arrecadar fundos para suas atividades de evangelização e pastoral, e incentivar o clima de confraternização entre as famílias, promove no próximo dia 10 de abril, a partir das 10 horas, no Salão da Pró-paróquia, na Rua O, S/N, Conjunto João Paulo II, a Feijoada Franciscana. A venda antecipada de ingressos acontece na Secretaria da Paróquia e nas comunidades. Maiores informações na Secretaria da Pró-Paróquia de São Francisco de Assis ou pelos telefones 75-3482.3431(da Pró-Paróquia) e 75-8175.4229( Marques).

O sexo dos sapos
Está postada neste blog uma matéria com esta foto de dois sapos que, supostamente, estariam transando. Postei porque achei engraçado ver o casal de sapos fazendo sexo na tradicional posição “papai e mamãe”. Não sou biólogo nem estudioso da vida sexual dos sapos, mas, aprendi na escola que os sapos machos não têm pênis. Eles agarram a fêmea pelas costas e com as patas comprimem seus abdômen para que elas possam expelir os ovos, sobre os quais, depois, o sapo espalha o seu sêmen, fecundando-os. A foto, para mim, é uma armação ou uma baita coincidência. Pode ser até briga, mas sexo não.

Sujou
O Supremo Tribunal Eleitoral decidiu que a Lei Ficha Limpa só vai valer para as próximas eleições. Os políticos envolvidos em trapaças e que respondem a processos por diversos crimes comemoraram a decisão porque vão poder tomar posse dos cargos para os quais foram eleitos. Cá ente nós, eles deveriam ter sido impedidos de disputar as eleições e a Justiça deveria ter dado prioridade no julgamento dos mesmos, num enforco nacional para colocá-los na cadeia que é o lugar deles. Mas, esse é o governo que temos e que merecemos. Infelizmente. Esperança de mudar? É, eu ainda tenho.

Tô fora
Em que pese a minha amizade com alguns vereadores, os quais considero íntegros, a exemplo do presidente da Casa da Cidadania, meu irmão maçom, Ribeiro, eu me recuso a cobrir as sessões da Câmara Municipal. Nestes meus mais de 30 anos de jornalismo essa é a pior Legislatura que já vi. As discussões em plenário beiram a baixaria, e fora dele o pau come. Como minha avó costumava dizer que quem com porcos se mistura, farelos come, eu fico de fora e não me misturo. É deprimente.

Concurso
A Arquidiocese de Feira de Santana lançou no dia 21 passado o Edital do Concurso do Hino do seu Jubileu de Ouro. Quem é músico ou compositor não pode ficar de fora desse evento histórico da Igreja Católica Feirense. Seu talento pode deixar a festa mais especial! Acesse o site da Arquidiocese em www.arquidiocese-fsa.org.br, conheça o Regulamento e participe! As inscrições irão até 1º de junho e os participantes poderão entregar seu material na Secretaria da Arquidiocese na Av. Getúlio Vargas em Feira de Santana.

Sexo é ótimo pra saúde
A atividade sexual ocasional pode provocar ataques cardíacos em pessoas que fazem poucas atividades físicas, segundo indica um estudo de pesquisadores americanos. A análise indicou que a cada período semanal de atividade física que a pessoa tem por semana, há uma redução de 45% no risco de um ataque cardíaco e de 30% no risco de uma morte cardíaca súbita. O sexo por si só já é uma excelente atividade física, e só faz bem pra saúde do homem e da mulher. Queima calorias, baixa o colesterol, combate a obesidade, e até melhora maciez da pele e os cabelos. Um santo remédio. Agora, se você não gosta de fazer sexo, vá correr, caminhar, marombar, nadar, jogar bola correndo atrás de homens e mulheres, enfim, fazendo um bocado de coisa besta quando poderia estar se divertindo muito mais e queimando a gordura acumulada no dia a dia de uma forma muito mais prazerosa. Eu, hem!

Pára choque de caminhão
“Cuidado! Nunca dirija mais rápido do que o seu anjo possa voar” (coletado pela professora Lélia Vitor)

Philosopher
“...ninguém é bom sendo o que não é. Eu, pra ser feliz com mentiras, melhor que eu chore com fé”... (Taiguara, in “Teu Sonho Não Acabou)

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*
Por hoje é só que agora eu vou ali me proteger de ataques cardíacos
Ação e reação

Tenho visto muitas matérias nos meios de comunicação sobre a violência entre estudantes em escolas. Não só entre alunos como também violência cometida por alunos aos professores. E não são meras agressões verbais, são físicas mesmo. Há algum tempo um aluno matou um professor. E todo mundo emite opinião sobre isso, principalmente psicólogos e pedagogos. Todos buscando dar explicações que a mim não convencem.
O nosso medo, a nossa covardia, a nossa incapacidade de reagir, prevaleceu. Em primeira instância temos a violência infanto juvenil. Ante a passividade dos diretores, professores e funcionários dos colégios, os alunos se agridem alegremente certos de que não serão punidos, porque alguém inventou que não se pode punir uma criança. O resultado é esse que se está vendo.
Meu filho vinha sendo agredido por um colega na escola. Como ele foi educado para não reagir e comunicar tais fatos aos professores e diretores, que deveriam tomar as devidas providências, foi isso que ele fez. Mas nada aconteceu. Ciente do fato fui ao diretor da escola exigir providências. Ele prometeu agir, mas, nada fez. Então eu fui com meu filho até a porta do colégio. Quando o moleque foi chegando eu o peguei pela gola, sacudi na parede e lhe disse. Se você voltar a tocar a mão em meu filho, eu lhe arrebento de pancada. Agora vá e diga a seu pai que eu também sei o que fazer com ele.

No dia seguinte o diretor me chamou e queria me passar um sermão. Eu me adiantei a ele: Olha, eu lhe pedi providências, você não tomou, eu agi por minha conta. Ele, preocupado, disse: mas e se o pai dele vier aqui? Retruquei: Se você não tem coragem de dizer a ele que o filho dele é um moleque indisciplinado e mal educado, me chame que eu digo. E depois disso meu filho nunca mais foi molestado naquele colégio.

Vamos passar a outra instância. Sem hipocrisia, responda caro leitor: Se você estiver dentro de sua casa e descobrir que alguém pulou o muro da sua casa e está tentando entrar em sua casa. Você tem uma arma em casa. O que você faz? Ante a eminente agressão, você atira no bandido ou pede delicadamente a ele que possa se servir do que quiser? Não me diga que vai chamar a Polícia, porque, nos dias de hoje, ela não chega a tempo e, se chegar, não vai fazer nada a não ser preencher um boletim de ocorrência. E você passa a ser mais um número nas estatísticas de violência urbana.

Vamos à outra instância. Os políticos, os governantes, nos roubam descaradamente, todos os dias. O que você faz? Fica calado ou vai para as ruas, de cara pintada, pedir cadeia para eles? Você não faz nada, porque não quer se comprometer. Não quer perder a boquinha que tem. Algum subemprego, algum cargo para um filho ou parente. Não quer se envolver. Deixa que outros decidam por você. E tudo isso, sabe por que? Porque temos medo. Somos covardes e acomodados.

Eu já fiz a minha parte pela coletividade quando combati a ditadura militar. Agora, com quase 60 anos, deixo para as novas gerações decidirem que futuro desejam.

quinta-feira, 24 de março de 2011

Capitalismo pode ter acabado com a vida em Marte

O capitalismo pode ter sido o culpado pela falta de vida em Marte, disse na terça-feira passada (22) o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. “Eu sempre digo, e ouço, que não seria estranho se tivesse existido uma civilização em Marte, mas talvez o capitalismo tenha chegado lá, o imperialismo chegou e acabou com o planeta”, disse o maluco do Chávez em discurso para marcar o Dia Mundial da Água.

Chávez, que não é o Chapolim, também coloca no capitalismo a culpa por vários problemas do mundo, e alertou para o que todo mundo já sabe, que o abastecimento de água na Terra está acabando. “Cuidado! Aqui no planeta Terra, onde centenas de anos atrás ou menos havia grandes florestas, agora há desertos. Onde havia rios, há desertos”, disse canastrão Chávez, tomando um gole d'água de um copo.

Ele acrescentou que os ataques do Ocidente sobre a Líbia tinham como motivação fontes de água e reservas de petróleo. Sobre os seus ataques à população do eu próprio país, à liberdade de ir e vir, e liberdade de expressão, ele não disse nada.
Luau na Baía de Todos os Santos



A varanda do Boteco do Vital é um local pródigo em pacotes turísticos. Às vezes até parece uma agência de viagens tais são os roteiros mirabolantes de viagens fantásticas programadas ao embalo de reuniões sócio-etílico-culturais dos seus frequentadores. Sentados ali já viajamos pela ‘Oropa’, França e Bahia, sem sair das nossas cadeiras. Roteiro escolhido, viagem marcada, prego batido e ponta virada. Mas no dia aprazado ninguém aparece para embarcar.

Eu sou um dos poucos que destoam dessa estória, porque ainda teimo em honrar compromissos e realizar o que planejo. “Se Anália não quiser ir, eu vou só”, já cantava Dorival Caymmi. Quando alguém inventa uma viagem, nem que seja pra Chácara de Caguto, ali em São Gonçalo, eu vou. E quem quiser ir mais eu vamo, quer ir mais eu vombora. Porque eu, já fui.

E foi assim que se assucedeu quando Walter Pankeka convidou os amigos do “Clube dos Cafajestes” para participar de um luau a bordo de uma escuna na Baía de Todos os Santos. Todo mundo se animou, inclusive eu, mas, depois percebi que na data marcada eu estaria em São Paulo. Mas, para minha surpresa, numa deferência toda especial a mim, Walter disse que eu era quem escolheria a data, contanto que fosse de lua cheia.

Conferi no calendário e a próxima lua cheia era no dia 19 de março. Sem atentar para o fato de ser “Dia de São José”, que quase que invariavelmente chove, abrindo as águas de março, acertamos a viagem. Como sempre, na data marcada ninguém estava lá. Só eu, teimoso como uma mula, entrei num ônibus para Salvador e fui encontrar Walter. Quando saí de Feira de Santana já estava chovendo.

Chegando lá, encontrei Walter e fomos para a praia, pois o sol, por volta das 13 horas, já começava a aparecer. É válido salientar que também os amigos de Salvador não confirmaram presença no passeio. Tomamos umas e outras, fomos até um restaurante comer umas lambretas, conversamos, nos divertimos e, por volta das 17 horas, fomos para casa nos preparar para o passeio. Aquela altura o sol já tinha brilhado forte e o céu era de brigadeiro.

Chegamos ao cais e um garoto se aproximou, olhou para a cara de comendador de Walter, com aquele vasto bigode grisalho, e perguntou se era ele “o homem do passeio”. Claro! Como dizer que não! O garoto então nos conduziu a um estacionamento particular onde deixamos o carro. Já no cais, a escuna estava atracada, esperando os passageiros para o tão esperado passeio.

Walter procurou um cidadão e perguntou a quem ele deveria pagar a passagem. “Alguém vai procurar o senhor aí. Pode ficar tranquilo”, informou o sujeito. Embarcamos. A escuna demorou ainda um pouco para sair, porque esperava por alguns músicos. Mas logo chegaram e a viagem começou, com direito a boa música, ao vivo, e farto buffet. Ainda meio ressabiado quanto ao pagamento, vi algumas pessoas pegando cerveja num freezer. Aproximei-me e perguntei a um cidadão como faria para poder pegar uma latinha. “Pode pegar ai”, disse ele. Não me fiz de rogado, peguei duas e levei uma para Walter
.
Uma mulher se aproximou com uma bandeja servindo salgadinhos, e eu perguntei quanto era. “Ora, o senhor já pagou pelo passeio, pode pegar à vontade”. Walter pegou um pastel e saiu procurando alguém que lhe dissesse como pagar pelo passeio. E novamente alguém lhe disse que ficasse tranquilo que no devido momento seria cobrada a taxa de R$ 70,00. Tudo bem. Já que é assim, vamos cair na gandaia.

Gente que só a zorra, mulher dando no meio da canela, bebida e comida á vontade, e aquela imensa lua cheia a iluminar o mar. Já fazia um bom tempo que a gente navegava e eu fui ao banheiro. Foi quando senti um tombo. Perguntei o que foi e um tripulante me disse que o barco havia encalhado num banco de areia.

Quando subi para o convés Walter, com sua experiência de ex-proprietário de escuna, já acalmava os mais nervosos, explicando: “Calma gente. Hoje é uma data especial, em que a lua se encontra mais próxima da terra (fenômeno conhecido como super lua), e isso afetou a maré, que baixou demais. Logo a maré vai subir novamente e a gente sai daqui. Aproveitem a festa que não há perigo nenhum”. E eu gritei de lá: “Falou o velho lobo do mar”.

E parti para pegar outra cerveja. Na volta, com uma latinha em cada mão, tive que passar por um lugar estreito onde as pessoas se espremiam para passar uma pelas outras. E no barco havia uma coroa fogosa que parecia estar no cio, arrastando a asa pra todo mundo. E foi justamente por ela que tive que passar. Só que ela estava de costas, e quando eu fui passando o barco deu um solavanco e eu fui direto me encaixar na traseira da coroa. Pedi desculpas e sai meio desconcertado, mas ela me olhava e ria com cara de tamanha felicidade que Walter disse: “Agora ela vai lhe alugar o resto da viagem”.

Algumas horas depois a maré subiu e o barco desencalhou, continuando o passeio. Àquela altura eu já nem me lembrava do pagamento, mas, quando o barco atracou no cais, eu disse comigo mesmo: “Agora é que deve começar a cobrança”. Mas, todo mundo foi saindo e indo embora sem pagar nada. Eu olhei para Walter e disse: “Vamos embora também”.

Descemos a rampa sem sermos incomodados, e quando chegamos à saída do cais, Walter encontrou o sujeito ao qual ele havia perguntado pelo pagamento, bateu no ombro dele e disse: “Quando tiver outro pode contar com a gente”!

Os amigos que ficaram em terra não sabem o que perderam.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Estudo indica que religião pode acabar em 9 países ricos

Dados de censos colhidos desde o século 19 indicam que a religião pode ser extinta em nove nações ricas que foram analisadas em um estudo científico. A pesquisa identificou uma tendência de aumento no número de pessoas que afirmam não ter religião na Austrália, Áustria, Canadá, Finlândia, Irlanda, Holanda, Nova Zelândia, Suíça e República Tcheca, este último, o país com o índice mais elevado, com 60%.
Usando um modelo de progressão matemática, o levantamento, divulgado durante um encontro da American Physical Society, mostra que as pessoas que seguem alguma religião vão praticamente deixar de existir nestes países. Na Holanda, por exemplo, 70% dos holandeses não terão religião alguma até 2050. Hoje, esse grupo é de 40% da população.
“Em muitas democracias seculares modernas, há uma tendência maior de as pessoas se identificarem como sem uma religião”, afirma Richard Wiener, que trabalha em um centro de pesquisa em ciência avançada, subordinado ao departamento de física da Universidade do Arizona.
A pesquisa seguiu um modelo de dinâmica não-linear que leva em conta fatores sociais e a influência que exercem em uma pessoa a fazer parte de um grupo não-religioso. Os parâmetros se mostraram semelhantes em vários países pesquisados, indicando que a religião está a caminho da extinção nessas nações.

Fonte: BBC BRASIL
Os delírios de Jorge Solla

O secretário estadual de Saúde, Dr. Jorge Solla, que vive contemplando o próprio umbigo, agora delira. Ele está usando como estratégia para responder às perguntas incomodas que a imprensa lhe faz, a acusação direta a quem lhe faz a pergunta, de está de “má vontade com o governo”. Acrescenta ainda a afirmação de que “são raríssimos os profissionais da imprensa que insistem em não reconhecer o bom desempenho da Saúde no Estado”. Segundo ele, a saúde na Bahia é elogiada pelos usuários do sistema e bem avaliada até pelo Ministério da Saúde.

Bem ao estilo dos seus mentores e ídolos, Lula e Wagner, ele não se preocupa em responder às questões que lhe são formuladas, mas passa a acusar diretamente o profissional da imprensa de estar lhe perseguindo e agindo com má vontade para com o governo. Seria interessante, em algumas destas oportunidades, os jornalistas e radialistas presentes na coletiva, desafiarem-no a fazer uma enquete rápida, colhendo opiniões ali mesmo, entre os profissionais da imprensa, o que eles acham da Saúde na Bahia, principalmente em Feira de Santana, cidade pela qual o seretário parece nutrir uma grande antipatia.
Pena que eu não estava lá para destilar na cara dele toda antipatia e repúdio que tenho por aquele ser repugnante.

terça-feira, 22 de março de 2011

A Linguiça

À medida que envelheço e convivo com mulheres, valorizo mais ainda as que estão acima dos 30.

Elas não se importam com o que você pensa, mas se dispõem de coração se você tiver a intenção de conversar.

Se ela não quer assistir ao jogo de futebol na tv, não fica à sua volta resmungando, pirraçando... vai fazer alguma coisa que queira fazer.....e geralmente é alguma coisa bem mais interessante.

Ela se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer, elas definitivamente não ficam com quem não confiam.

Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem, você nunca precisa confessar seus pecados... elas sempre sabem...

Ficam lindas quando usam batom vermelho. O mesmo não acontece com mulheres mais jovens...Por que será, heim??

Mulheres mais velhas são diretas e honestas, elas te dirão na cara se você for um idiota, caso esteja agindo como um!

Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela, basta agir como homem e o resto deixe que ela faça...

Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 anos!

Infelizmente isto não é recíproco, pois para cada mulher com mais de 30 anos, estonteante, bonita, bem apanhada, sexy, e bem resolvida, existe um homem com mais de 30, careca, pançudo em bermudões amarelos, bancando o bobo para uma garota de 19 anos...

Senhoras, eu peço desculpas por eles: não sabem o que fazem!


Para todos os homens que dizem: 'Porque comprar a vaca, se você pode beber o leite de graça?', aqui está a novidade para vocês: Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento e sabem porquê? Porque 'as mulheres perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça!'..

Nada mais justo!

Arnaldo Jabor
Somos iguais

Não gosto de gente medrosa, serviçal, dissimulada, hipócrita e congêneres. Não gosto de bajuladores, interesseiros e oportunistas. Prefiro ter no meu rol de amizades pessoas sinceras, francas, que não se submetem nem se humilham diante dos poderosos da vez. Sempre tratei as pessoas de acordo com o tratamento que recebo delas. Seja quem for. Se me trata com respeito, recebe respeito, se me trata com desprezo, recebe desprezo. E por aí vai.

Parto do princípio de que me esforço para ser compreensivo paciente e solícito com todos os que me cercam. Também sei reconhecer os meus erros e pedir desculpas quando erro. Sou humano, filho do mesmo Deus que criou todos nós. Por isso não vejo diferença entre as pessoas que me cercam, e, por isso, espero que meus semelhantes façam o mesmo. Do ponto de vista das relações humanas, entendo que somos todos iguais.

Reconheço, porém, que cada ser em si é único, capaz de construir sua própria história. Cada um tem uma personalidade e caráter diferente, mas, ainda assim, falhos, como todos nós somos. Alguns mais inteligentes outros menos. Alguns mais fortes física ou espiritualmente, outros menos. Mas, ainda assim, humanos.

Reconhecer e respeitar uma autoridade legitimamente constituída pelo poder popular é dever de todos. Mas, quando esta autoridade não se dá ao respeito e nos trata com ironia, escárnio e desprezo, devemos repudiá-la com voz clara e forte, e, principalmente, demonstrar nossa insatisfação nas urnas.

É comum entre as ditas autoridades, quando se sentem acuadas, flagradas em erro, tentar fugir pelos caminhos da galhofa, das piadinhas patéticas, ou pela arrogância e violência, com ameaças veladas ou diretas. É nesse momento que devemos mostrar a nossa coragem e desprendimento, não nos deixando intimidar. Temos mecanismos na organização social e política para enfrentar estes canalhas. Fomos nós quem os colocamos lá, e também podemos tirar. Basta querer.

Estou dizendo tudo isso por conta de situações que tenho observado no nosso dia a dia. Não vou fazer acusações diretas, ainda, mas a coisa está beirando os limites do inaceitável. Os poderes públicos, em níveis municipal e estadual, não estão correspondendo à votação que receberam, e respondem aos questionamentos populares com ironia, dissimulação e ameaças veladas. Queremos trabalho e resultados, e não evasivas e arrogâncias.
No nível federal, eu, que votei contra a Dilma, confesso que estou surpreso com o seu desempenho e sua seriedade. E até faço minhas as palavras do colega, editor e articulista do jornal Tribuna da Bahia, Alex Ferraz, em sua análise sobre a vista do presidente dos Estados Unidos ao Brasil:

“Pela primeira vez em oito anos vemos a pessoa que comanda nosso país encarar com elegância, seriedade e necessária firmeza a mais poderosa nação do mundo. Sem piadinhas, sem metáforas patéticas”.
Sinais do Apocalipse:

Lázaro Ramos galã.
Sandy devassa.
Faustão magro.
Silvio Santos pobre.
Dilma fazendo omelete na Ana Maria Braga.
Tiririca na Comissão de Educação.
Maluf e Collor na Reforma Política...
Não era em 2012 o fim do mundo???

segunda-feira, 21 de março de 2011

Fotógrafo flagra casal de sapos em ato sexual


O fotógrafo Eric Feferber, da agência France Presse, flagrou uma cena inusitada no último sábado (19). Ele se deparou com um casal de sapos durante um ato sexual em Mijoux, na França. (Foto: Eric Feferber/AFP)

sábado, 19 de março de 2011

Lua fica "maior e mais brilhante" neste sábado


A Lua protagoniza neste sábado (19) um impressionante espetáculo para o planeta Terra, onde será possível visualizá-la maior e mais brilhante do que o normal, por se encontrar em sua posição mais próxima em 18 anos.

O fenômeno é conhecido como "super Lua" e ocorre quando essa aproximação coincide com a fase cheia de nosso satélite natural.

A Lua atingirá, então, seu perigeu - o ponto de sua órbita em que estará mais próxima da Terra. Pela primeira vez desde 1993, os dois fatores acontecem no mesmo momento, algo que entusiasmou astrônomos e curiosos que preparam seus telescópios para desfrutar o espetáculo.
Se o tempo permitir, no momento da coincidência de fatores, a Lua aparecerá 30% mais brilhante e 14% maior que o normal. No entanto, parte do fenômeno surge de um efeito óptico, já que na realidade o astro "só" se aproxima da Terra, segundo a Nasa, agência espacial americana, 26.323 km, mas, graças a isso, a Lua pode ser vista como se estivesse em uma grande lupa.

O fenômeno acontece às 16h (horário de Brasília), quando a Terra e seu satélite estarão exatamente a 356.575 km de distância. Só 50 minutos mais tarde a Lua entra em fase de cheia, amplificando o efeito de aproximação.

Enquanto neste sábado (19) será possível enxergar a "maior Lua" maior em quase duas décadas, no dia 11 de outubro deste ano poderá ser visto o efeito contrário. O satélite estará em seu apogeu, seu ponto mais distante, e aparecerá 12,3% menor.

R7 - "Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe."
Poço Encantado é reaberto a visitação, mas a estrada piorou

Após três anos interditado em decorrência de impedimentos por parte de órgãos ambientais, o Poço Encantado, um dos principais cartões-postais do município de Itaetê, na Chapada Diamantina, foi reaberto para visitação na sexta-feira passada (11). A reabertura aconteceu após assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), proposto pelo Ministério Público Federal (MPF), por representantes da Prefeitura Municipal, do trade turístico e de órgãos federais de proteção ao Meio Ambiente. Apesar da boa notícia, a estrada de Itaetê, que dá acesso ao Poço Encantado, continua em mau estado de conservação e, com as recentes chuvas, está intransitável.


Segundo a informação da Agecom, além do documento produzido pelo MPF, as instituições públicas e da iniciativa privada, que assinaram o TAC, terão de cumprir as recomendações do Plano de Manejo elaborado pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas (Cecav), órgão ligado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

O proprietário da Pousada Poço Encantado, José Américo Cruz, disse que pretende esquecer o período em que o Poço Encantado esteve fechado. “Passamos três anos dependendo apenas do movimento dos viajantes representantes de produtos farmacêuticos”, disse ele. Há informações de que um novo vôo para a região deverá ser aberto, o que possibilitará um maior fluxo de turistas.

O Poço Encantado

Localizado a 200 metros da pista, o Poço Encantado proporciona visão deslumbrante das formações rochosas com estalactites e estalagmites. Do mirante é possível ver os efeitos visuais de suas águas - à profundidade de 60 metros - que são ricas em calcário. A luz do sol gera o efeito de cor azul na água, e os paredões ganham tons de dourado e acobreado.

A visita ao local é feita mediante o pagamento de uma taxa no valor de R$ 20. Para entrar na caverna, é preciso ainda ouvir e seguir atentamente as instruções dos guias de turismo. O Poço Encantado fica localizado em Itaeté (44 quilômetros a sudeste de Andaraí). Para chegar lá é preciso seguir pela BA-142 por 20 quilômetros até a estrada para Itaeté.

A estrada
Se por um lado a notícia da reabertura do Poço Encantado pode aquecer a economia da região, por outro lado a situação da estrada que liga a BA -142 á sede Itaetê, onde fica o trecho de acesso ao Poço encantado, está uma lástima e preocupa a quantos por ela têm que transitar. Segundo informações, se o estado de conservação da estrada já era precário, com as chuvas fortes que caíram recentemente na região, a situação ficou muito pior.
A quem recorrer?




Há cerca de um mês surgiu na rua papa João XXIII, em frente ao condomínio Santo Expedito, uma molhação no asfalto (foto), e um pouco mais adiante água jorrando, que suponhamos seja da rede de esgoto pluvial, já que na área não tem rede de esgoto sanitário. Notificamos o fato a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, através do próprio secretário José Pinheiro. 

Cerca de 15 dias depois foi concertado o local onde a água jorrava, mas, onde estava apenas a molhação não foi sequer tocado.
 
Na tarde desta sexta-feira (18) três homens, que prestam serviços a Embasa, estiveram no local e dois deles cavaram o asfalto, enquanto um olhava com cara de chefe, fizeram um buraco, que logo se encheu de água (foto), e foram embora. Antes era uma manhcha, agora temos um buraco cheio de água fétida. O que fazer? A quem recorrer?

sexta-feira, 18 de março de 2011







Procissão de São José
Neste sábado (19) a Arquidiocese celebra a festa de São José com procissão saindo da capela do Colégio Padre Ovídio às 05h30min em direção à catedral de Senhora Santana, onde às 6 horas será celebrada missa pelo Arcebispo Metropolitano Dom Itamar Vian. São José é padroeiro das famílias, dos agricultores, das chuvas e da boa morte.

Acadêmico

O arcebispo metropolitano dom Itamar Vian (foto), foi eleito, por unanimidade, pelos membros da Academia, para ocupar a cadeira número 17 na Academia Feirense de Letras. “Dom Itamar foi escolhido pela sua vasta cultura, publicação de 21 livros e cartilhas de formação política, pelas crônicas em jornais e pelo dom da comunicação, sempre mostrando a dimensão social da fé e da Igreja”.

Contra Feira
Definitivamente o governo Wagner, em todos os seus setores e escalões, tem prevenção contra Feira de Santana. Desse governo a cidade só recebe descaso e desprezo. Agora mesmo, vem o secretário Zezéu Ribeiro afirmar que “o aeroporto de Feira não é prioridade”. Nada aqui, secretário, para este governo, é prioridade. Fazer o que? Isso é o que acontece com uma cidade que não tem representatividade nem força política. Em momentos assim, mesmo fazendo sinal da cruz, tem muita gente como eu dizendo: Ah! Que saudades de ACM.

Desonestidade premiada
Foi afastada, por unanimidade, pelo Tribunal de Justiça do Estado, a Juíza Silvana Santos Chetto, da 4ª Vara Cível de Feira de Santana. O afastamento foi causado por dois processos, sendo um deles por “parcialidade na condução de processos” e outro por improdutividade. Ela já havia respondido por outros processos administrativos disciplinares, Para os desembargadores, o comportamento da juíza estava causando “forte comoção social” dentro da Comarca. Durante o processo, a juíza permanecerá afastada das suas funções, e pode ser aposentada compulsoriamente. Ou seja, vai receber como prêmio uma aposentadoria precoce, coisa com a qual os trabalhadores brasileiros sequer podem sonhar. Chora, meu povo. Quem mandou votar nos home?

“Bicicfusca” ecológica

A indústria automobilística finalmente entendeu o conceito de Mobilidade Sustentável. A Volkswagen apresentou seu primeiro veículo de duas rodas e o conceito "Think Blue" na Auto China 2010. Por incrível que pareça, a bicicleta da Volkswagen chamou mais a atenção que os próprios carros da marca. A empresa se referiu a ela como uma obra de arte da mobilidade. A VW Bike não tem pedais, se dobra, possui freios a disco nas duas rodas e funciona com bateria que pode ser recarregada no próprio carro com 12 volts, corrente contínua ou numa tomada de corrente alternada comum. Tem muito boa autonomia. Foi concebida para se encaixar perfeitamente no compartimento do estepe do carro. O conceito de mobilidade deste equipamento está concebido como um complemento do carro. Assim, o condutor poderia deixar o carro num estacionamento fora dos grandes centros congestionados e se dirigir com a bicicleta elétrica aos centros de maior congestão.

Nota de repúdio e desagravo
A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Feira de Santana, ao tomar conhecimento da nota “ ´Caseiro’ de Ronaldo é o advogado da Qualix”, publicada no dia 16/03/2011, no Blog da Feira, do Jornalista Jânio Rêgo, referindo-se ao Advogado Ronaldo Mendes, vem se manifestar no sentido de que repudia todo e qualquer ato que direta ou indiretamente associe o profissional da advocacia, no exercício da profissão, a expressão, termo ou qualificação que, pejorativamente, atente contra o livre exercício da atividade advocatícia, garantido pela Lei 8.906/94. A liberdade de imprensa é tão valiosa para a consolidação do Estado Democrático de Direito quanto o livre exercício da Advocacia! Diante do exposto, a Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Feira de Santana, repudiando o ato citado, se solidariza e desagrava o Dr. Ronaldo Mendes, advogado inscrito nesta Subseção. O advogado está processando criminalmente o jornalista Jânio Rêgo.

Desenvolvimento

A Microsoft convidou o prefeito Tarcízio Pimenta a participar de um Fórum de Líderes de Governo nos Estados Unidos. Isso por conta dos investimentos feitos em tecnologia pela Prefeitura Municipal na área de Educação. A toda hora a mídia propala e enaltece a Educação Digital, com computadores e lousas eletrônicas. Mas, de que adianta, se falta professor, merenda e até água nas escolas? Sem falar que muitas encontram-se em péssimo estado de conservação. Será que os governantes sabem o que significa “Desenvolvimento Sustentável”, que eles tanto falam nos comícios e discursos eleitoreiros?

Pára choque de caminhão
“Cuidado! Eu dirijo tão mal quanto você” (coletado pela professora Lélia Vitor)

Philosopher
“Purifica o teu coração antes de permitir que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo”. (Pitágoras)

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*
Por hoje é só que agora eu vou ali rezar para São José
Pra que um estádio novo?

Eu usei este espaço para declarar a minha esperança no movimento PensarFeira, dada a qualidade das pessoas envolvidas inicialmente no projeto. Nelas depositei minha confiança em que algo de bom pode surgir do movimento. Mas, em conversa com Cironaldo Santos, revelei a minha preocupação quanto à presença de políticos no grupo.
Entendo que a iniciativa privada deve prevalecer nas discussões e estudos, e que os políticos só devem ser acionados quando se fizerem necessários para se obter esta ou aquela ação governamental. A presença de políticos no grupo de discussões e estudos, no meu modo de entender, vai provocar o jogo de interesses, que já destruiu outras iniciativas iguais a esta.

Já no primeiro momento minhas considerações se fizeram valer. Entre as primeiras propostas surgiu a da construção de um novo estádio para Feira de Santana, com direito a vereador conclamando união em torno da idéia de Feira de Santana se encaixar com uma das sub-sedes ou, pelo menos, atrativo turístico para os estrangeiros que virão para a Copa do Mundo.

Um novo estádio para que? Os três clubes da cidade não têm torcida suficiente para lotar o atual estádio e a média de público e renda dos mesmos é das mais pífias do campeonato baiano. Isso sem se falar que o Bahia de Feira, cujo proprietário realiza o que diz, pretende construir o seu próprio estádio. Aliás, esta deveria ser a primeira meta de todo clube de futebol que se preza.

Mas, a construção de um novo estádio envolve muito dinheiro. E é justamente isso que atrai os políticos. Se houvesse seriedade e honestidade nos propósitos dos nossos políticos, eles estariam empenhados agora em defender a ampliação e equipamento do aeroporto da cidade, pois o futuro bem próximo o aponta como uma das prioridades para o desenvolvimento econômico do Município. O governo Wagner, através do seu representante, Zezéu Ribeiro, já assinalou que o nosso aeroporto não é prioridade.

Para um município que está em vias de construir um Pólo de Logística, e que já tem até empresa de aviação interessada em usar o aeroporto local com central de distribuição de cargas (no caso a Azul), é incoerente se pensar em estádio de futebol (desnecessário) em detrimento da defesa da ampliação e equipamento do seu único aeroporto.
Acredito no bom senso das pessoas que estão à frente do movimento Pensar Feira. São elas que têm que mostrar aos políticos quais as nossas prioridades e exigir ação por parte deles, e não o contrário. Aliás, os políticos locais deveriam se preocupar primeiro, antes de entrar em novas saias justas, nas mazelas que já provocaram como a queda da credibilidade do governo junto aos fornecedores, motoristas milionários, assessores ganhando sem trabalhar, blogueiro ganhando mais do que secretário de governo, e muitas mumunhas mais.
Se é para pensar Feira, vamos fazer isso com seriedade.

UEFA Champions League – Oitavas de Finais

Definidos no dia 16 passado os últimos classificados nas oitavas de finais da UEFA Champions League 2011. Shakhtar Donetsk da Ucrânia, Schalke 04 da Alemanha, Internazionale da Itália, Barcelona e Real Madrid da Espanha e Tottenham, Chelsea e Manchester United da Inglaterra foram as equipes que passaram para a fase de quartas de finais da competição.
Destaque para os confrontos entre Internazionale de Milão e Bayern, repetindo a final do ano passado quando, mais uma vez, a equipe italiana saiu vencedora. Outros destaques foram as classificações de Real Madrid, que há seis anos não conseguia superar a fase das oitavas, e Barcelona, que apesar de perder a primeira partida da disputa contra o Arsenal na Inglaterra conseguiu reverter o resultado em seu estádio, com grande atuação de Messi, Xavi e Iniesta.
Os brasileiros que brilharam nesta fase foram Willian do Shaktar Donetsk, Daniel Alves do Barcelona, Marcelo do Real Madrid e o goleiro Gomes do Tottenham que, com atuações seguras conduziram seus times à classificação. Em contrapartida, Julio Cesar  da Internazionale, Robinho e Pato do Milan e Kaká do Real Madrid pouco fizeram para ajudar suas equipes, sendo que este último nem atuou na partida de volta por ter sofrido lesão durante um treino.
Nesta sexta-feira (18) será realizado o sorteio que definirá os confrontos da próxima fase. Existe grande probabilidade de haver grandes clássicos locais, pois, ainda estão na disputa três times da Inglaterra e dois da Espanha, e o regulamento do sorteio é livre, permitindo que equipes do mesmo país possam se enfrentar em qualquer fase da competição.

Paulo Pereira

quinta-feira, 17 de março de 2011

Cerveja de Cacau

“Uma empresa da Sicília, na Itália, lançou uma cerveja produzida com amêndoas de cacau. A composição da “birra” (cerveja em italiano) leva ainda aveia e sementes adocicadas de alfarroba.

A Grado Plato Chocarrubica tem produção sazonal e está à venda no Brasil através do site www.cervejagourmet.com.br (o site é uma tentadora bíblia das melhores cervejas do planeta).

A cerveja tem o gosto doce do chocolate, mas o preço é salgado: 68 reais a garrafa. Pra quem pode, vale a pena o sacrifício, porque o fabricante, Sergio Omea, diz que é bebida pra se degustar de joelhos.
E nós aqui na Região Cacaueira só produzindo matéria prima!
Que porre!!!”

Blog Pimenta- http://www.pimenta.blog.br

Comentário de Rachel Sheherazade sobre o Carnaval

quarta-feira, 16 de março de 2011

Quinta Autoral Caiubi tem apresentação cancelada

O Quinta Autoral Caiubi não mais será realizado nesta quinta-feira (17), no teatro do Cuca, conforme havia sido anunciado. De acordo com a produção do evento, o cancelamento deve-se a problemas inesperados surgidos de última hora, que não puderam ser contornados a tempo de concluir os preparativos.

O mesmo formato dedicado às mulheres, com a participação da cantora Dilma Ferreira e do grupo Meninas da Feira, liderado pela cantora Céliah Zaiin, será mantido para a edição do próximo mês. A produção agradece a compreensão de todos.

Duas faces, uma mesma moeda.

Durante o final de semana passado acompanhamos no cenário futebolístico brasileiro provas de fogo para dois de seus principais personagens atuais. Dois ‘camisas 10’, dos times que, certamente, possuíram no Brasil os representantes mais marcantes desta camisa. Permitam-me o anacronismo, pois começarei pelo segundo personagem: Ronaldinho Gaúcho.


Vindo em Janeiro deste ano para o Flamengo, após longa e obscura negociação, Ronaldinho Gaúcho, até o presente momento, vêm vivendo momentos apoteóticos em seu retorno ao Brasil. Festa de apresentação com estádio lotado, bandas de pagode, desfiles em escolas de samba e, até lançamento de bloco carnavalesco têm sido alguns dos eventos onde o craque vem desfilando seu carisma e simpatia, já sendo até tratado, pelos torcedores do Mengão como ‘Ronaldinho Carioca’. Porém, se observarmos com atenção, tudo que está relacionado acima se refere à sua atuação fora dos gramados, onde esperávamos que realmente brilhasse o jogador de futebol que ainda é.

No domingo (13) o meia-atacante teve então a oportunidade de, pela primeira vez com a camisa do atual time, enfrentar o Fluminense, participando assim do maior e mais tradicional clássico do futebol brasileiro. Havia a enorme expectativa, não só de torcedores do Flamengo, de que finalmente o atleta pudesse mostrar tudo àquilo que dele se espera em campo: dribles desconcertantes, passes geniais, gols antológicos.

Porém, durante a partida, nem de longe lembrara o célere e lépido passista, que dias atrás encantara a Marquês de Sapucaí, exibindo garbo e gingado típicos da mais fina confraria dos malandros. Apático, sem inspiração e, na maior parte do tempo, marcado com lealdade, mas com vigor, pelo ‘esforçado’ zagueiro Gum do Fluminense, Ronaldinho esteve, mais uma vez, anos-luz aquém do gênio que encantara o mundo com a bola nos pés, fazendo espanhóis e italianos, gregos e baianos se curvarem ante a destreza e habilidade demonstrada por muito poucos e, até mesmo, comparadas às dos ‘imortais’ Pelé, Garrincha e Maradona.

Acredito que, em todos que assistiram àquela partida, ficou o questionamento: “Será que está na hora de parar?” Eu, particularmente, acredito que não. Ele é um jovem de apenas 30 anos, com vigor físico suficiente para proporcionar-lhe mais alguns anos de futebol em alto nível. Em minha opinião, a questão que fica é: “Ele ainda quer?” Quanto a isto, tenho minhas sinceras dúvidas, pois, futebol no pé sabemos que ele tem de sobra, mas, a gana que marca a trajetória dos vencedores, suspeito que já tenha sido abandonada por ele há tempos.

Voltemos então ao sábado (12). Estádio da Vila Belmiro. Santos X Botafogo SP. Previsão de retorno aos gramados de Paulo Henrique Ganso, após quase seis meses afastado por conta de lesão no joelho. Jogo morno no primeiro tempo. Um bom drible do Neymar aqui, um lançamento do Elano ali, um contragolpe do Botafogo acolá. Mas, que importa? “Bota logo o Ganso!” Implora o torcedor santista e, ainda que inconscientemente, todos os torcedores e amantes do futebol bem jogado.

Finalmente, ao retornar do intervalo, Vossa Excelência ‘O Técnico’ resolve atender as súplicas e então o Ganso vai para o jogo. 22 segundos do segundo tempo e, enfim, ele toca pela primeira vez na bola em uma partida oficial após a cirurgia. Lançamento de 25 metros, preciso, surpreendente, Zé Eduardo na linha de fundo, cruza para trás, Gooooool de Elano. Voltar assim, hein Ganso, não poderia ser melhor, não é?

Poderia sim. Ah se poderia. Mais alguns poucos minutos e olha lá o Zé Eduardo na linha de fundo novamente. Outro cruzamento preciso. E quem antecipa ao zagueiro e, com toque sutil coloca lá dentro? Isso aí amigão. É do Ganso! Depois, foi só toque de calcanhar pra cá, caneta pra lá, e toda a elegância e refinamento que lhe são peculiares. Enfim, o ‘10’ da Vila Belmiro voltou! Como vinha do banco, voltou com o número 19 às costas, mas, também não faz muita diferença. Quem joga daquele jeito, é ‘10’ até quando joga sem camisa. Que, de agora em diante, tenha muita sorte e não mais se lesione com seriedade, para que continuemos nos encantando com o que de mais sofisticado pode existir no futebol e na vida: a simplicidade.

Dois grandes craques, duas camisas de peso e, duas faces da mesma moeda. Uma, já não exibindo mais seu auge. A outra, carregando por muitos a esperança da renovação. Renovação de talentos, de aspirações, de conquistas. Afinal é como alguém já havia dito: “o novo sempre vem”.

Por Paulo Pereira

terça-feira, 15 de março de 2011

Engordando o caixa

Vi na TV uma matéria denunciando um esquema de indústria de multas de trânsito no Rio Grande do Sul. Diversas autoridades e proprietários de empresas fabricantes e instaladoras de sensores, radares e câmeras de segurança foram flagrados negociando propinas para instalar equipamentos desonestos, que forjam infrações que não existiram. Com isso, as prefeituras dos municípios engordam o caixa, bem como o prefeito, as autoridades do trânsito e os fornecedores e instaladores do equipamento.

Porque não fiquei surpreso? Não fiquei porque há muito tempo ouço denúncias desse tipo, mas só que até o momento ninguém havia provado nada. Sem provas, não há crime. Há muito tempo, observando algumas daquelas notificações de multas que são enviadas ao infrator, contendo uma foto do veículo invadindo o sinal vermelho, percebi que aquela infração poderia muito bem ser forjada. Explico:

A Câmera está posicionada atrás do veículo. Teoricamente, quando o motorista invade
o sinal vermelho um sensor é acionado e ela dispara, flagrando a

infração. Porém, em muitos casos, principalmente quando há um trecho de pista dupla a ser atravessado, o motorista passa quando o sinal ainda está verde. Mas, como ele passa devagar, porque há sempre algumas depressões a ser ultrapassadas, o sinal fica amarelo e, quando ele chega ao outro lado já está vermelho. E é nesse momento que a câmara dispara, pegando o motorista já após o semáforo. A foto mostra o semáforo com o sinal vermelho, mas o veículo já está do outro lado, o que não prova que ele invadiu o sinal.

A matéria da TV mostrava outros meios de forjar multas. Alguns sensores são adaptados para registrar altas velocidades, mesmo quando o veículo trafega dentro da velocidade permitida. Não foram poucas as vezes em que eu mesmo flagrei guardas de trânsito preenchendo talão de multas de forma aleatória, para cobrir a cota. Alguns deles, amigos ou parentes meus, confessaram que escolhiam aleatoriamente veículos para multar, porque tinham que atingir certo número de multas aplicadas dentro do mês, sob pena de receber bronca do chefe.

O esquema de fraude proposto pelos fornecedores dos equipamentos, e adquiridos pelas autoridades, mostrava ainda algumas “vantagens” para o comprador, como, por exemplo, a possibilidade de retirada da multa. Ou seja, se algum amiguinho do poder local fosse flagrado cometendo uma infração, ele poderia recorrer ao seu padrinho político que a multa poderia ser retirada.
Estamos falando de semáforos, sensores e câmeras. Mas bem que poderíamos estar falando de bafômetros ou outros equipamentos eletrônicos fiscalizadores de infrações no trânsito. Mas já houve um tempo em que as multas eram aplicadas sem a menor cerimônia ou cuidado em não aparecer a fraude. Um irmão meu, por exemplo, recebeu uma multa por uma infração cometida por “um fusca verde”. E ele era proprietário de um Landau vermelho. Já um colega nosso, teve a lanterna do seu veículo deliberadamente quebrada pelo cassetete de um policial do trânsito, que lhe exigiu uma propina para liberá-lo da multa.

Mas isso era em outros tempos. Agora a coisa está mais sofisticada.
Valha-nos, senhor Jesus!

segunda-feira, 14 de março de 2011

Finalmente poço encantado é reaberto


Após três anos interditado em decorrência de impedimentos por parte de órgãos ambientais, o Poço Encantado, que é um dos principais cartões-postais do município de Itaetê, na Chapada Diamantina, foi reaberto para visitação nesta sexta-feira (11). A reabertura aconteceu após assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), proposto pelo Ministério Público Federal (MPF), por representantes da prefeitura municipal, do trade turístico e de órgãos federais de proteção ao Meio Ambiente.
José Américo Cruz, dono de uma pousada em Itaetê, que lutou muito pela reabertura do local, disse que pretende esquecer o período em que o Poço Encantado esteve fechado. “Passamos três anos dependendo apenas do movimento dos representantes de produtos farmacêuticos”.
Localizado a 200 metros da pista, o Poço Encantado proporciona visão deslumbrante das formações rochosas com estalactites e estalagmites. Do mirante é possível ver os efeitos visuais de suas águas - à profundidade de 60 metros - que são ricas em calcário. A luz do sol gera o efeito de cor azul na água, e os paredões ganham tons de dourado e acobreado.
A visita ao local é feita mediante o pagamento de uma taxa no valor de R$ 20. Para entrar na caverna, é preciso ainda ouvir e seguir atentamente as instruções dos guias de turismo. O Poço Encantado fica localizado em Itaeté (44 quilômetros a sudeste de Andaraí). Para chegar lá é preciso seguir pela BA-142 por 20 quilômetros até a estrada para Itaeté.

domingo, 13 de março de 2011

CEAF com nova coordenação


Queremos parabenizar o prefeito Tarcízio Pimenta pela nomeação de Creusa Maria da Paixão Dantas (foto) como chefe de gabinete da secretaria de Governo, mas que responderá pela coordenação do Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF. Creusa foi assessora do ex-deputado Fernando de Fabinho e é cunhada do ex-vereador e hoje suplente Josafá Ramos Dantas, mais conhecido como Tutinho. Tivemos a oportunidade de trabalhar com ela e podemos dar testemunho de dedicação e competência. Boa sorte amiga! Que Jesus te ilumine nessa nova empreitada.


IX Fórum de Comunicação Social
A Seccional Norte/Nordeste da Associação Baiana de Imprensa (ABI) realizará no próximo dia 26, a partir das 13h, no auditório da Associação Comercial de Feira de Santana (ACEFS), o IX Fórum de Comunicação Social. O evento é aberto a profissionais de comunicação e vai discutir temas ligados ao Rádio, Televisão, Jornal e Internet. A meta da ABI é integrar e valorizar os profissionais de imprensa baianos, defender direitos coletivos e a liberdade de expressão. Já está confirmada a participação dos jornalistas Levi Vasconcelos (Jornal A Tarde), Edmundo Filho (Agecom) e Ricardo Luzbel (Site Bahia Noticias e diretor da ABI). Maiores informações e inscrições pelos telefones (75) 3221-5400 / (75) 9134-3791 ou pelo e-mail jaircezarinho@hotmail.com. A ACEFS fica no Largo São Francisco, bairro Kalilândia. O Fórum de Comunicação Social tem o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Radiodifusão e Televisão de Feira de Santana (SITRERT), Associação Baiana das Emissoras de Rádio e Televisão (ABARTE-BA) e Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (ACEFS).

sexta-feira, 11 de março de 2011







Prepare o seu fígado
Este ano, o mês de julho terá 5 sextas-feiras, 5 sábados e 5 domingos. Isto acontece uma vez a cada 823 anos. Estes anos são conhecidos como “Money Bags” (saco de dinheiro). Passe essa informação para 8 boas pessoas e o dinheiro aparece em 4 dias, baseado no Fengshui chines. Quem não passar não recebe nada, diz aqui a lenda. Bom, não custa tentar. Eu, por via das dúvidas, Estou passando pra uma cacetada de gente só pra garantir, essa graninha extra. Rê, rê, rê... (a informação me foi passada por Joel Carvalho).

Dercy X BBB


A TV Globo vai estrear uma minissérie sobre Dercy Gonçalves em janeiro de 2012. O programa deve entrar no ar após o “Big Brother Brasil 12”. A classificação indicativa não permitirá que Dercy solte o verbo antes das 23 horas. Quer dizer: A Globo considera mais ofensivos os palavrões de Dercy do que a putaria do Big Brother. Era só o que faltava.


DPT
Até quando Feira de Santana será tratada com tamanho descaso pelo Governo do Estado? Como se não bastasse toda a falta de estrutura do Departamento de Policia Técnica (DPT), que não dispõe de condições para se realizar simples exames, esta semana suspendeu as necropsias por falta d’água. E desta feita não foi culpa da Embasa. Uma simples bomba quebrou na segunda-feira e somente foi concertada na quinta-feira depois de vir uma equipe de Salvador para fazer o serviço.

Turista
O ex-deputado Colbert Filho foi nomeado Secretário Nacional do Turismo. Aí foi sopa no mel, porque viajar é com ele mesmo.

Embasa
Uma mulher, que não é lavadeira nem tem posto de lavagem de carros ou coisa que valha, mora numa casa pagando R$ 100,00 de aluguel. A Embasa lhe mandou uma conta de R$ 1,8 mil e outra de cerca de R$ 200. Ela reclamou e os técnicos da empresa foram até sua casa, acompanharam o trabalho de um profissional pago pela dona de casa, e não encontraram nenhum vazamento. Mas, ainda assim, teve a água cortada e querem que ela pague a conta. Sem comentários.

 Vazamento
Aliás, se a Embasa anda procurando vazamentos deveria dar uma passadinha na Rua Papa João XXII, no Jardim Acácia, onde, em frente ao Condomínio Santo Expedito, existem dois vazamentos, jogando na rua uma água fedorenta. Diversas denuncias e solicitações de providências já foram feitas, inclusive à Secretaria Municipal de Obras Públicas, mas, até hoje necas de pitibiriba.


"Vem ai Sempre Livre em livro"
“Não sei se poderei ir ao lançamento,mas com certeza vou adquirir um exemplar, e se me permitir sempre colocarei textos teus em meus blogs. Adoro causos e crônicas. Mary Cely. Blog renunciar é preciso”. Cara Mary Cely, desde já está autorizada e convidada a ser colaboradora do nosso blog. Um abraço.

Pára-choque de caminhão

“Como é difícil se livrar de uma mulher fácil”
(coletado pela professora Lélia Vitor)

Philosopher
“A Medicina distrai a doença. A Natureza cura” (Voltaire)

*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_
Por hoje é só que agora eu vou ali ...
Dia Internacional da Mulher


Sei que serei criticada por muitas mulheres quando lerem o texto que começo a escrever. Mas, mesmo assim, vou usar a arma que tenho para pedir um basta à hipocrisia, a falsidade, que é transmitida todo ano nesta data. 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Todo ano é a mesma coisa. Poderíamos até publicar os mesmos textos dos anos anteriores. As músicas que são colocadas como fundo nos programas de rádio para homenageá-las já não dá mais pra escutar de tão repetidas.

Este ano, como coincidiu com o carnaval, em algumas cidades as guerreiras fizeram algumas manifestações, saindo às ruas em blocos para lançar campanhas contra a violência, pela prevenção do câncer de mama e outras mazelas que atingem as mulheres. Como em toda parte do Brasil, em Feira de Santana, a Câmara Municipal realizou sessão especial onde os 21 edis indicaram uma mulher para receber homenagem pelos serviços prestados à comunidade (teve quem indicasse a mãe e a esposa). Enfim, ouvimos mensagens melosas, grandes elogios, exaltação das conquistas do sexo frágil ao longo dos anos, desde que um grupo de mulheres se rebelou e começou a luta pela igualdade.

Contudo, devo confessar que até preferia voltar ao tempo da vovó, e explico: Quantos desses homens que vivem a proclamar que é a favor da igualdade dos sexos dividem as tarefas domésticas com suas companheiras ou mesmo com suas mães?

Estudos apontam que a má distribuição de tarefas entre homens e mulheres em casa e no cuidado com os filhos é fator limitante para inserção das mulheres no mercado de trabalho, em carreiras com melhor remuneração. Pois é. A inserção precária no mercado de trabalho não se deve apenas ao domínio masculino e a ações discriminatórias do mercado. É a responsabilidade dupla das mulheres que acaba fazendo com que ela se insira de forma mais precária no mercado de trabalho. Elas não entram em condições de igualdade com os homens e também não são remuneradas por conta de cuidados com os filhos, o marido, a casa, com as pessoas doentes e, muitas vezes, com trabalho comunitário. As exceções ficam por conta daquelas que abrem mão de ser esposa e mãe.

Por mais que queiramos, não temos uma varinha mágica que nos permita executar 100% as duas tarefas. Acabamos por negligenciar uma ou outra. E digo isso com conhecimento de causa. Quando atuava como repórter, tinha que entregar minha casa e minha filha ao comando de empregadas. Quando pari meu segundo filho, 14 anos depois, optei por negligenciar o trabalho fora de casa, e passei a assumir tarefas que me permitissem estar mais presente no comando das atividades domésticas, especialmente na educação do meu filho. Quantos homens fazem isso?
O sociólogo e professor da Universidade de São Paulo (USP) Gustavo Venturi destaca em uma reportagem que todo fenômeno de dominação e opressão só ocorre porque aqueles que têm um papel subalterno assumem valores do grupo dominante. “Muitas mulheres contribuem para a reprodução dessa cultura machista, ainda que sofram fortemente suas consequências”, avalia.

Venturi coordenou a pesquisa Mulheres Brasileiras e Gênero nos Espaços Público e Privado, feita para a Fundação Perseu Abramo (ligada ao PT) para o Serviço Social do Comércio (Sesc), na qual 30% dos homens se declararam machistas (4% “muito machistas”).

A pesquisa recentemente divulgada pela Secretaria de Políticas para as Mulheres (aplicada em agosto de 2010) foi comparada a outro estudo semelhante de 2001. Para Venturi, no intervalo de nove anos, foram poucas as mudanças no “consenso” de que são as mulheres que devem cuidar dos filhos desde a primeira infância. De lá para cá, cresceu de 27,3% para 35,2% o número de famílias chefiadas por mulheres segundo dados do Instituto de Estudos do Trabalho e da Sociedade (Iets).

Alguém adivinha por que? Os homens, mesmo os que se declaram a favor dos direitos iguais, nunca vão aceitar ter os mesmos deveres. Aceitam que suas mulheres saiam para trabalhar, mas, querem chegar em casa e encontrar suas refeições preparadas, casa limpa e arrumada, filhos bem cuidados e uma mulher perfumada para lhe dar amor. Daí as mulheres só têm dois caminhos: Ou assumem a chefia da casa e perdem o companheiro e, muitas vezes, os filhos, ou aceitam a dupla jornada e a inserção precária no mercado de trabalho e mantém sua família.
Eu nunca fui e nem serei feminista. Quero sim continuar sendo fêmea. Direitos iguais? E os deveres? Então, concluo que talvez fosse melhor aquelas mulheres nunca terem queimado seus sutiãs.

Maura Sérgia
Comércio vai funcionar no feriado de Tiradentes

 O presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio de Feira de Santana, Délcio Mendes Barbosa, afirmou em entrevista no programa Acorda Cidade, que no dia 21 de abril, feriado nacional de Tiradentes, véspera da sexta-feira Santa, o comércio local vai funcionar normalmente.

Conforme Délcio Mendes, o feriado em homenagem a Tiradentes foi trocado para o dia 2 de janeiro, quando os comerciários tiveram folga. A decisão, segundo o presidente do sindicato, aconteceu em acordo coletivo com a categoria no ano passado. Ocorre que o dia 2 de janeiro foi em um domingo, dia em que a maioria da categoria tem folga. A troca não perece justa.
Todo ano é a mesma coisa

Durante o Carnaval, como bom folião que sou, pulei fora. Fui descansar meus ossos na ilha de Itaparica, mais precisamente, em Berlinque. Qualquer um que opta por passar temporada na ilha sabe que é uma aventura perigosa. Ou pelo menos deveria saber, pois lá não existe segurança nenhuma. Não faz muito tempo alguns filhos de amigos meus que possuem casas por lá, foram vítimas de um assalto seguido de tentativa de estupro de uma das suas filhas, e que por pouco não custou a vida de um rapaz que acompanhava as meninas.

Quem mantém casas por lá sabe que pode ter seus imóveis arrombados durante a baixa estação e, mesmo no verão, podem ser vítimas de furtos e assaltos. Isso sem contar que, na alta estação, a infra-estrutura revela-se a pior possível, em todas as cidades e povoados da ilha. É constante a falta de água, a falta de energia e o serviço de limpeza das ruas e recolhimento de lixo é péssimo.

Mas é na saúde que está o perigo maior. Embora alguns locais tenham hospitais ou postos médicos, estes não possuem os devidos equipamentos para primeiros socorros e, quase sempre, sequer têm médicos plantonistas. Recentemente, a mãe do deputado estadual José Neto sofreu um mal súbito e teve que ser transferida às pressas por helicóptero da Polícia Militar para o centro maior e só por isso pode sobreviver. Mas, nem todo mundo é deputado.
Os pobres mortais como eu, podem contar com a ajuda divina, porque outra não existe. Mesmo os ricos, às vezes, não conseguem se salvar. Lembro-me de um rico empresário feirense, cuja esposa faleceu na ilha, porque nem todo o seu dinheiro foi capaz de salva-la do enfarto que sofreu por lá.

Eu não tenho medo de morrer e sou convicto que todos nós só partimos desta para melhor quando o criador nos chama. Talvez essa minha crença tenha ajudado a evitar que o pior me acontecesse, porque mantive a calma. Nunca tive problemas com pressão, fosse alta ou baixa. Mas, na segunda-feira pela manhã comecei a me sentir mal. Sofri enjôos, vomitei, mas pensei que fosse apenas uma indisposição gástrica. Por insistência dos amigos fui medir minha pressão arterial e ela estava em 18 por 11. Peguei um comprimido que minha mulher toma que é de baixa dosagem, e tomei. Não bebi mais e passei o dia tomando suco de maracujá e deitado numa rede. Estou aqui vivo e são para contar a história. Mas, se dependesse de socorro médico, estaria morto.

Devo acrescentar que esta falta de infra-estrutura não é privilégio da Ilha. É assim em todas as cidades praianas da Bahia, de Cabuçu a Praia do Forte. Tudo é a mesma coisa. Aliás, em Cabuçu, o prefeito de lá declarou certa vez que não está nem aí para veranistas, como se preferisse que a cidade continuasse como uma aldeia de pescadores, e a população continuasse na miséria, sem contar com o dinheiro que ganha com os veranistas.
Entra ano e sai ano, e sempre é a mesma coisa.